Home Pernambuco Caso Aldeia: exame de DNA confirma que restos mortais são de Denirson

Caso Aldeia: exame de DNA confirma que restos mortais são de Denirson

0

Sertão TV


Polícia Civil de Pernambuco confirmou, através de exame de DNA, que os restos mortais encontrados no condomínio residencial Torquato Castro, no km 12 de Aldeia, em Camaragibe, no Grande Recife, eram do médico e advogado Denirson Paes da Silva, de 54 anos. O resultado foi divulgado à imprensa na tarde desta terça-feira (10). O médico estava desaparecido há cerca de um mês. O cadáver de Denirson foi achado, na última quarta-feira (4), esquartejado, com sinais de carbonização e em estado avançado de decomposição. Os restos mortais estavam dentro de um poço com cerca de 25 metros de altura, localizado ao lado de sua residência.

Segundo a Polícia Civil, até esta terça-feira (10), foram feitas três retiradas de partes dos restos mortais da vítima que estavam no poço. As buscas são realizadas com o apoio do Corpo de Bombeiros e sob os cuidados do Instituto de Criminalística. As autoridades afirmaram ainda que nas duas últimas coletas feitas pelas equipes, o corpo estava coberto por camadas de areia, materiais de limpeza, como cloro, e tijolos. Os produtos teriam sido depositados no local na tentativa de ocultar o odor de decomposição do cadáver.

A Polícia Civil reafirmou, inclusive, que existem fortes indícios de que o crime tenha sido premeditado. A esposa da vítima, Jussara Rodrigues Silva Paes, 54, e o filho mais velho do casal Danilo Rodrigues Paes, 23, são os principais suspeitos do crime, mas as autoridades não descartam a participação de outras pessoas no assassinato do médico. Os dois estão presos temporariamente, acusados de homicídio qualificado e ocultação de cadáver. O filho mais novo do casal, de 20 anos, não é apontado nas investigações como participante do crime.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.