Home Política DEFINIÇÕES NA POLÍTICA: Armando será o Candidato a Governador da Oposição

DEFINIÇÕES NA POLÍTICA: Armando será o Candidato a Governador da Oposição

0

 


carloseugenio


Paulo abre Vaga para Humberto Costa, no Senado, para ter PT junto ao PSB nas Eleições de Outubro

Coluna assinada pelo jornalista Igor Maciel, no Jornal do Commercio de hoje, dia 16, traz a informação que mesmo com o anúncio oficial previsto para o fim do mês, o Senador Armando Monteiro (PTB) está definido como candidato ao Governo pelo bloco da oposição. Ele vai disputar o Palácio com Paulo Câmara (PSB) pela segunda vez. A aposta do Grupo é que, sem a comoção gerada pelo acidente de 2014 com Eduardo Campos, o resultado seja diferente.


Ainda na coluna Pinga-Fogo, Maciel também registra que Mendonça Filho (DEM) será confirmado como candidato ao Senado quando parte da chapa for divulgada. O deputado e ex-ministro da Educação será o segundo nome apresentado. O entendimento é que a chapa precisa, mesmo sem estar completa, ter um mínimo de definição.

“O nome de Paulo Câmara (PSB), até por ser o atual governador, está sempre em evidência. Na oposição, até agora, era sempre a dúvida que ficava evidente. É difícil desenvolver, em política eleitoral, uma ideia sem rosto. Há outro fator. Postos os nomes de Armando e Mendonça, as alianças poderão ser negociadas junto aos aliados com eles já sabendo quem serão seus possíveis companheiros. É mais concreto convidar um determinado pretendente se já houver metade da chapa definida. Dá mais segurança”, pontuou o jornalista Igor Maciel.


PAULO BEM PRÓXIMO DO PT – O governador Paulo Câmara (PSB) e o prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), embarcaram ontem, dia 14, para Brasília, em uma tentativa decisiva de fechar a aliança com o PT em Pernambuco. A ida dos dois – que integram a executiva nacional do Partido – ocorreu após um encontro entre os presidentes nacionais do PSB, Carlos Siqueira, e do PT, Gleisi Hoffmann, para tratar de acertos nos Estados.


Para ter o apoio do PT, o Governador abriria espaço na chapa majoritária para que o senador Humberto Costa (PT) tente a reeleição. O acordo tiraria da disputa a vereadora do Recife Marília Arraes (PT), pré-candidata ao Governo, para que a eleição seja definida no primeiro turno. (Com informações e imagens do Jornal do Commercio.CONFIRA)

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.