Home Brasil Mulher morta após procedimento estético teria feito aplicação em sua própria casa

Mulher morta após procedimento estético teria feito aplicação em sua própria casa

0
Fernanda Assis morreu, na tarde de sábado, após dar entrada no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, na Zona Oeste do Rio — Foto: Reprodução

O procedimento estético feito pela microempresária Fernanda de Assis, que pode ter causado sua morte no último sábado (13), foi realizado no apartamento da vítima, como mostrou o RJTV.

A polícia já identificou a mulher que fez o procedimento e diz que ela não era médica, mas ainda não divulgou o nome para não atrapalhar as investigações.

Fernanda morreu de parada cardiorrespiratória no Hospital Municipal Albert Schweitzer, em Realengo, Zona Oeste do Rio. Ela tinha lesões no glúteo, segundo a Secretaria Municipal de Saúde.

De acordo com parentes, a microempresária foi até uma clínica na semana passada para aplicar um produto de preenchimento de glúteos. Foi a segunda vez que ela se submeteu à cirurgia.

Quinta vítima do procedimento

Essa é a quinta mulher a morrer, supostamente por procedimentos estéticos, desde agosto deste ano. Quatro profissionais chegaram a ser presos.

O marido de Fernanda chegou a dizer que a pessoa que aplicou o produto tentou suborná-lo. A denúncia foi feita em um vídeo postado em uma rede social.

“A mulher que fez me liga chorando pedindo para não falar que foi ela que fez e que vai me ajudar de qualquer forma. Ela vai me dar R$ 1 milhão hoje. Se eu devolver esse R$ 1 milhão para ter a Fernanda de volta, eu fico pobre de novo sem a Fernanda, mas não é dinheiro. Ela está me oferecendo tudo pedindo para não falar. Vocês não têm noção”, diz Alex Fernando.

A polícia investiga se a causa da morte e as lesões foram ocasionadas pelo procedimento estético. Os policiais buscam ainda identificar a responsável pela cirurgia.

No vídeo publicado nas redes sociais, o marido de Fernanda disse que era contra o procedimento e fez um apelo. “Vocês, mulheres, que têm essa certa vaidade: gente, tem um preço a ser pago. A Fernanda pagou com a vida”, alertou.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.