Home Política Waldemar Borges diz que conjuntura aproxima aliança entre PT e PSB, apesar...

Waldemar Borges diz que conjuntura aproxima aliança entre PT e PSB, apesar das diferenças

0

Falando em entrevista à cobertura da Rádio Pajeú no Carnaval 2018, o Deputado Estadual Waldemar Borges defendeu que haja um diálogo entre PSB e PT, respeitando as diferenças entre as legendas.

O Deputado disse acreditar que o governador Paulo Câmara irá melhorar os índices de popularidade com vistas ao processo eleitoral de 2018. “A população tem reconhecido o esforço feito para manter o barco sobre controle. Pernambuco já está numa  situação diferenciada. Vai sair mais rapidamente da crise. A população reconhece isso. Vê em Paulo uma pessoa simples, um   gestor dedicado. Tem um concorrente que é especialista em falências. Já teria falido Pernambuco há muito tempo com a situação de adversidade que Pernambuco vive. Vamos continuar nesse caminho seguro. Ao contrário dos que vêem a vida a partir das oligarquias.

Elçe falou do encontro entre João Paulo e Paulo Câmara. “Foi um encontro casual. Não foi armado. A possibilidade de algo ser construído precisa ser melhor aprofundada. Se acontecer, não apaga as divergências de parte a parte. O PT com o presidente Lula e Eduardo fizeram muito por Pernambuco, pelo Brasil, mesmo com momentos propícios pra economia. Isso não apaga erros e equívocos graves cometido s pelo PT que se afirmou com proposta muito forte de moralidade. Claro, eles também fazem críticas à gente.

E seguiu: “não somos iguais, não somos melhores nem piores. Temos pontos  positivos e dificuldades. Mas em política, há momentos em que que você se vê diante de uma situação onde via pelo que é o menos distante. No mais, aliança se faz entre divergentes. Se fosse igual, era o mesmo partido. E mesmo no mesmo partido há divergências. Aliança se faz com os menos distantes”.

Waldemar ainda brincou sobre a posição do ex-prefeito Totonho Valadares, que disse recentemente apoiar o ex-prefeito José Patriota caso saia candidato a Deputado afirmando que Waldemar entenderia o contexto. “Eu tô louco pra arregaçar as mangas para participar de projetos importantes para Afogados capitaneados por ele e Daniel Valadares. Quando você souber a posição dele, me diga”, brincou. (Nil JUnior)

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here