Araripina Notícias

Afogamento em Lagoa do Barro foi homicídio, diz Polícia Civil de Araripina

De acordo com a PC, a vítima de nome MANOEL MESSIAS PEREIRA foi encontrada morta dentro de uma lagoa, apresentando lesões na cabeça.

Segundo a Polícia Civil, o crime foi cometido por Felipe Pereira do Nascimento (foto) e Daniel Pereira de Souza, que encontravam-se bebendo com a vítima

A Polícia Civil de Araripina, informou no final da noite desta sexta-feira (12), que um suposto afogamento que teria acontecido no último dia 08 deste mês em um açude no distrito de Lagoa do Barro, zona rural do município, na verdade teria sido um homicídio consumado.

De acordo com a PC, a vítima de nome MANOEL MESSIAS PEREIRA foi encontrada morta dentro de uma lagoa, apresentando lesões na cabeça.

Ainda segundo a PC, após diligências, apurou-se que o crime fora cometido por Felipe Pereira do Nascimento e Daniel Pereira de Souza, que encontravam-se bebendo com a vítima, razão pela qual o Delegado Dr. George Dantas Saraiva, com coordenação da Dra. Katyanna Muniz, representou pela Prisão Preventiva dos supracitados acusados.

DA PRISÃO

Na tarde desta sexta (12), por volta das 17:00h, os agentes da 24ª DPH, com apoio da Equipe Malhas da Lei, bem como dos Policiais da 200ª Delegacia de Araripina-PE, dirigiram-se até o Sítio Sipaúba, na Zona Rural de Araripina-PE, a fim de executar a prisão de FELIPE PEREIRA DO NASCIMENTO, que encontrava-se na casa de seus familiares.

Das demais diligências

Após isso, a equipe deslocou até a Serra da Cana, ainda no Sítio Sipaúba, a fim de efetuar a prisão de Daniel Pereira de Souza, no entanto não obteve êxito. Vale dizer, contudo, que as diligências continuam a fim de cumprir o expediente.

Essa é mais uma ação da Polícia Civil na cidade de Araripina/PE com foco no combate à criminalidade violenta (CVLI), seguindo as diretrizes do Pacto Pela Vida. Dando uma pronta resposta aos homicídios cometidos. (Fonte e foto: Polícia Civil de PE)

Leia também: