Início Notícias Carreata pede vacinação já contra a Covid-19 para as pessoas com deficiência...

Carreata pede vacinação já contra a Covid-19 para as pessoas com deficiência em Pernambuco

90
0

A Carreata Vacina Já circula pela região Central do Recife, no fim da manhã desta terça-feira (20), pedindo a vacinação contra Covid-10 das pessoas com deficiência.

O movimento reúne grupos de pessoas com deficiência e seus familiares, além de apoiadores, exigindo o cumprimento da Convenção dos Direitos das Pessoas com Deficiência e na Lei Brasileira de Inclusão.

Segundo a organização da manifestação, a urgência pela vacina para esse grupo se justifica pelo fato de que as pessoas com Síndrome de Down (T21) acima de 18 anos tem a vacinação prevista para a terceira fase – a das comorbidades – mas sendo necessária a antecipação por apresentare três vezes mais risco em quadros mais graves da doença.

Esse grupo tem, segundo a organização do movimento, acesso reduzido aos cuidados de saúde/reabilitação e sociais, causados pelos esforços para mitigar a transmissão do vírus, como o isolamento social, e um aporte de 10 vezes o risco de óbito por Covid-19 quando comparadas às demais pessoas.



Carreata a favor de vacinação já contra a Covid-19 para pessoas com deficiência – Foto: Ed Machado/Folha de Pernambuco

O grupo irá entregar uma carta aberta ao Governo do Estado, Prefeitura do Recife, além da Assembleia Legislativa de Pernambuco e aos vereadores na Câmara recifense.

Segundo uma das organizadoras da carreata e diretora da Federação Brasileira das Associações de Síndrome de Down (FBASD), Helena Ribeiro, a vacinação é importante para que os deficientes não corram risco de vida.

“A gente está exigindo das autoridades que cumpram a legislação e vacinem com prioridade juntamente com os idosos as pessoas com deficiência. Eles precisam ser vacinados assim como outros grupos. A gente tem conhecimento de que muitos jovens estão indo a óbito”, disse.

Helena conta ainda que um documento será entregue ao governador Paulo Câmara, ao prefeito João Campos e aos vereadores do Recife e deputados estaduais. “Fizemos uma carta aberta pra ser entregue ao governador, prefeito, vereadores e deputados; todos já conhecem a gravidade do problema”, declarou.

O movimento ganhou apoios importantes, como do deputado federal Túlio Gadelha, do deputado estadual Wanderson Florêncio – coordenador da Frente Parlamentar em Defesa dos Direitos das Pessoas com Deficiência e Doenças Raras da Assembleia Legislativa de Pernambuco – dos vereadores do Recife Ivan Moraes, Cida Pedrosa e professor Mirinho e do vereador de Olinda Jesuíno Araújo.

O deputado estadual Wanderson Florêncio (PSC) frisou a importância do movimento para que essas pessoas não fiquem na fila de espera. “São pessoas mais vulneráveis ao convívio social e à saúde. Estamos fazendo esse movimento para que tenham prioridade. E, se forem esperar, terão que esperar uma fila de 3 milhões de pernambucanos para se vacinar. Esse movimento vai sensibilizar e esperamos que o governo seja estratégico”, destacou.

Por Folha de Pernambuco

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui