Início Cidades Casos confirmados do novo coronavírus em Petrolina passam para 47

Casos confirmados do novo coronavírus em Petrolina passam para 47

67
0
Prefeito de Petrolina Miguel Coelho promete intensificar o combate ao coronavírus / Foto: divulgação

A Prefeitura de Petrolina está intensificando a testagem rápida em pessoas sintomáticas para o novo coronavírus (Covid-19) que já vinham sendo acompanhadas pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), como forma de eliminar a fila de espera e verificar o número de casos positivos e negativos dessa fila. Nesta sexta-feira (1º) foram realizados 140 testes e 12 pessoas testaram positivo para a doença.

O município também recebeu um exame positivo do Laboratório Central de Saúde Pública de Pernambuco (Lacen-PE). Dessa forma o número de infectados na cidade subiu para 47; destes, 31 foram confirmados através de testes rápidos feitos pela prefeitura e 16 diagnosticados através do exame realizado pelo Lacen-PE. Curas clínicas somas 13, sem nenhum óbito.

Dos novos casos confirmados com Covid-19, nove são mulheres (de 19, 33, 35, 37, 43, 52, 54, 60 e 60 anos). Os três homens infectados têm 36, 39 e 54 anos. Todos os pacientes foram submetidos ao teste rápido após o 10º dia de sintomas gripais leves, para evitar falsos resultados negativos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) orienta a testagem ampla da população porque a medida ajuda a planejar o número de leitos necessários para enfrentar a pandemia e também a traçar os planos de reabertura dos serviços de cada cidade. A testagem de pessoas com sintomas gripais vai prosseguir, conforme a demanda registrada pela Secretaria de Saúde.

SRAG

O boletim com dados relacionados à Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) aponta que 14 casos são investigados e 30 foram descartados. Confirmados continuam nove casos, além de um óbito.

Recomendação

A recomendação em Petrolina para a pessoa que tenha sintomas leves de gripe, antes mesmo de procurar uma Unidade Básica de Saúde (UBS), é de automaticamente se manter em isolamento domiciliar, respeitando o distanciamento dos demais membros da família, que também devem permanecer em isolamento para evitar possível propagação do vírus. Ao apresentar esses sintomas é necessário comunicar o fato à Vigilância em Saúde, através do número (87) 9 8841-0800 ou agendar uma teleorientação no site petrolina.tisaude.com. (Fonte: Blog do Carlos Britto)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui