Pernambuco

Companheiro obrigada mulher a cavar próprio túmulo em Pernambuco

Compartilhe:

 


JC Online Foto: PMPE


A vítima relatou que depois de informar que estava grávida, o companheiro quis matá-la

Um homem de 25 anos foi preso no início da noite dessa terça-feira (4), suspeito de agredir a companheira em uma localidade chamada Sítio Barricada, na zona rural de Bonito, Agreste de Pernambuco.

A Polícia Civil recebeu denúncias anônimas sobre porte ilegal de arma na residência do casal, porém ao chegar no local, os policiais se depararam com uma situação de violência doméstica. A mulher estava com diversas marcas de agressão pelo corpo e no quintal da residência havia uma sepultura. Segundo a vítima, ela foi obrigada a cavar a própria cova depois de revelar ao companheiro que estava grávida.

Constantes agressões

Ainda de acordo com a polícia, a vítima relatou que eles estavam juntos há três meses e era agredida frequentemente com socos, pedaços de madeira e até mesmo uma bengala de motocicleta. Na residência também foram encontradas duas armas de fogo e diversas peças de moto.

O homem tentou fugir, mas foi alcançado. Ele foi encaminhado provisoriamente para a Penitenciária Juiz Plácido de Souza, em Caruaru, e aguarda audiência de custódia que deve acontecer nesta quarta-feira (5).


Almir Francisco, Elismar Rodrigues, Adalberto Alencar, Ruana Bezerra e Genário Reis – Integrantes do Mandato Coletivo a deputado federal por Pernambuco

Leia também: