Home Esporte Corinthians e Grêmio não saem do 0 e seguem separados por 9...

Corinthians e Grêmio não saem do 0 e seguem separados por 9 pontos na tabela

0

Muita expectativa, pouco futebol. E tudo igual na ‘final’ desta quarta-feira do Campeonato Brasileiro. Em Itaquera, Corinthians e Grêmio não conseguiram sair de um 0 a 0.

O resultado, claro, é um pouco melhor para o Corinthians. Afinal, líder e vice-líder seguem separados por nove pontos na tabela de classificação, mas agora com mais nove jogos em disputa.

Mas também não é um resultado a ser comemorado. Afinal de contas, o Santos pode cortar a desvantagem para sete pontos se vencer o Sport nesta quinta-feira em Recife. E até o Palmeiras, que recebe a Ponte Preta, pode voltar de vez para a briga, cortando a diferença para nove.

O Grêmio lamenta mais por saber da dificuldade que terá pela frente, com o afunilamento da Libertadores – começa a disputar as semifinais na semana que vem, contra o Barcelona-EQU.

Antes, o time gaúcho ainda tem outro confronto direto pelo Brasileirão: recebe o Palmeiras, no próximo domingo.

O Corinthians só entra em campo na segunda-feira, quando visita o Botafogo.

O JOGO

Os primeiros minutos de partida até deram impressão de que seria um grande duelo, mesmo sem chances claríssimas, mas com muita disputa.

Aos 8, Rodriguinho assustou em um chute de longe. Três minutos depois, o Grêmio respondeu com uma grande chance. Após passe de Luan, Edilson apareceu no meio da área, mas, pressionado pela marcação, pegou mal na bola e acabou chutando fraco para a defesa de Cássio.

O Corinthians ainda reclamou de um pênalti em cruzamento de Arana interceptado por Geromal. O time alvinegro queria toque de mão, mas o juiz mandou o jogo seguir, com razão.

Aos 25, a melhor chance corintiana. Após cobrança de falta de Jadson, Jô ganhou a disputa pelo alto e cabeceou para o gol, mas errou o alvo e acabou mandando pelo lado.

Depois, disso, o jogo esfriou completamente.

O Grêmio tentava em chutes de longe, mas Cássio estava seguro no gol. Já o Corinthians deixava a bola com o rival, mas não conseguia acertar o contra-ataque para criar perigo.

A etapa final foi de ainda menos chances de gol, mas ao menos teve uma grande emoção.

Aos 35, Edilson cobrou falta pela esquerda, quase pela linha de fundo. Ele bateu direto, surpreendeu a todos e só não marcou porque parou no travessão.

ESPN.com.br

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here