Brasil Esporte

De olho na Copa, Brasil enfrenta a Rússia, hoje, em Moscou

Compartilhe


http://www.correio24horas.com.br


Douglas Costa será o substituto de Neymar na partida

Faltam 83 dias para a Copa do Mundo de 2018, na Rússia. E nesta sexta-feira (23), a partir das 13h, a Seleção Brasileira terá um ótimo teste na reta final da preparação para o Mundial. No estádio Luzhniki, em Moscou, os comandados do técnico Tite desafiam justamente os russos, anfitriões do torneio.

O jogo terá um ingrediente interessante, afinal, o Brasil não contará com Neymar, sua principal estrela, que se recupera de uma cirurgia no pé. A expectativa é que ele só retorne aos gramados no mês de maio.

Douglas Costa, jogador da Juventus, da Itália, foi o escolhido para substituir o camisa 10. Ele jogará aberto pela esquerda, enquanto Willian ficará na mesma função, do outro lado do campo. Este último ocupará a vaga de Renato Augusto, que começará no banco. Com isso, Philippe Coutinho será deslocado para o centro, fazendo companhia a Paulinho. A outra mudança será a entrada de Thiago Silva no lugar de Marquinhos na defesa. O time ainda terá Gabriel Jesus, Casemiro, Daniel Alves, Miranda, Marcelo e Alisson.

O goleiro, inclusive, foi confirmado como capitão do Brasil no duelo contra a Rússia. Esta será a primeira vez que o jogador da Roma ganhará o status de vestir a braçadeira em uma partida da Seleção, na qual Tite vem promovendo um rodízio de capitães. Ele será o 15º jogador a desempenhar o papel em 18 jogos do Brasil sob o comando do treinador.

“Isso que o Tite faz é muito bacana e dá confiança ainda maior e no momento em que tiver de decidir por um capitão, todos estarão preparados. A braçadeira é só uma representação”, disse Alisson.

Ambiente
Tite comemorou o fato de encarar a Rússia pouco antes da Copa iniciar. Para ele, é uma boa forma dos jogadores conhecerem melhor o ambiente da competição. “Bom para estarmos no clima, não só no frio, mas humano também. Da energia, atmosfera. A qualidade que tem a Rússia, independentemente de vir com linha de cinco ou quatro. A Rússia empatou com a Bélgica e a Espanha, perdeu para a Argentina de 1×0, traz grau de dificuldade alto, independentemente do sistema”, explicou o comandante, que deve fazer mudanças durante a partida para observar melhor os convocados. O meia-atacante Anderson Talisca, revelado pelo Bahia, começará no banco de reservas.

Depois da Rússia, a Seleção Brasileira enfrentará a Alemanha na terça-feira (27), em Berlim. Tite anunciará em maio os 23 jogadores convocados para o Mundial, no qual a Seleção vai estrear no dia 17 de junho, contra a Suíça, em Rostov. Costa Rica e Sérvia serão os outros rivais na primeira fase. Antes da Copa, a equipe brasileira fará dois amistosos, contra Croácia e Áustria nos dias 3 e 10 do mesmo mês, respectivamente.

Leia também: