Início Notícias Deputada pede celeridade na análise de projeto que prioriza professores na vacinação

Deputada pede celeridade na análise de projeto que prioriza professores na vacinação

0

O Brasil atingiu, na última quarta-feira (24), a triste marca de 300 mil vidas perdidas para o coronavírus. Enquanto isso, a vacinação continua a passos lentos no país. Durante a reunião plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) desta quinta-feira (25), a deputada Teresa Leitão (PT), prestou solidariedade às famílias que perderam seus entes queridos e destacou que dentre esses mortos, dez são professores da rede pública estadual de Pernambuco.

O número informado por Teresa faz parte de um levantamento feito pelo Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe). Diante desse cenário, a deputada pediu para que a casa agilize e analise os projetos de lei que tratam da indicação de grupos prioritários para a vacinação. No momento, há 25 Projetos de Lei relacionados à vacinação, sendo oito sobre grupos prioritários.

“A covid-19 chegou às escolas. Há uma pressão para a abertura das escolas, a gente reconhece a importância e a necessidade da escola, o tempo pedagógico que está sendo perdido é imensurável. A recomposição dessa perda é desafiadora. O ensino remoto não dá conta de tudo, o ensino remoto sequer chega a todas as crianças. Está exaurindo os profissionais de educação, os professores sobretudo. É mais de um ano nessa peleja, então é necessário que a gente, ao cobrar o funcionamento da escola, paralelamente a isto, também indique a prioridade aos trabalhadores em educação para a vacina”, pediu Teresa.

A deputada é autora do Projeto de Lei 1786/2021, que pede a priorização dos trabalhadores em educação na vacinação contra a covid-19. “Esse vírus não é individual. Esse vírus exige conduta coletiva e a escola é um espaço coletivo e é por isso que nós estamos pedindo que os trabalhadores em educação sejam efetivamente priorizados na vacinação”, frisou.

Do Blog da Folha

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui