Brasil Notícias

Em São Bernardo do Campo, Lula creditou sua prisão à participação, também, da emissora da família Marinho

Compartilhe:

Lula voa em jatinho de Luciano Huck; Globo contesta petista

Após ser solto por decisão da Justiça Federal, ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) chegou na manhã deste sábado a São Paulo, onde participa de um ato no sindicato dos metalúrgicos em São Bernardo do Campo. O petista voou de Curitiba ao aeroporto de Congonhas em um jatinho particular e participa de um ato no sindicato dos metalúrgicos, em São Bernardo, marcado para começar as 13h. De acordo com a Agência Nacional de Aviação Civil, a aeronave de prefixo PP-HUC pertence à Icon Táxi Aéreo e à Brisair Serviços Técnicos Aeronáuticos, de propriedade do apresentador Luciano Huck e de sua esposa, a também apresentadora de TV Angélica. Embora pertença 50% a cada uma das empresas, a aeronave é usada pelo apresentador para gravar seu programa na Rede Globo e, segundo explica sua assessoria, quando não é utilizada por Huck, fica à disposição da Icon. “Não tenho qualquer influência para quem ela é fretada”, afirmou o apresentador. “A aeronave faz parte da frota da Icon Taxi aéreo e por meio da empresa foi contratada para o vôo pois estava disponível na data solicitada. A agenda de locação das aeronaves é de responsabilidade da Icon Taxi Aéreo”, acrescentou a assessoria de Huck. ATAQUES – Mais uma vez Lula voltou a atacar a Rede Globo de Televisão. Em discurso no Sindicato dos Metalúrgicos, o ex-presidente creditou sua prisão à participação, também, da emissora da família Marinho. “Lá em cima está o helicóptero da Rede Globo de televisão pra falar merda sobre o Lula outra vez”, disse. Em outro momento, a Globo ainda foi acusada de “liderar uma quadrilha criada para criminalizar o PT e dizer que Lula era bandido”. Em nota a TV Globo classificou o discurso de Lula de chulo e reafirmou sua isenção editorial. Lembrou ainda que a Globo News transmitiu, na íntegra, os discursos de ex-presidente, após deixar a carceragem em Curitiba. “A Globo repudia os ataques do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. A prova de isenção da emissora é a transmissão do discurso que o ex-presidente fez ontem e hoje. Também é prova de sua isenção ser alvo de ataques dos extremos do espectro político hoje, tão radicalizado. A Globo faz jornalismo sério e continuará a fazer. Sem se intimidar e sem jamais perder a serenidade”. Nos últimos dias, a TV Globo vem sendo alvo de constantes ataques do presidente Bolsonaro, que ameaçou até não renovar a concessão e agora de Lula, que estaria magoado.

Rede  Brasil de Notícias

Leia também: