Início Notícias Ex cunhada de mulher assassinada em festa de aniversário em Ouricuri diz...

Ex cunhada de mulher assassinada em festa de aniversário em Ouricuri diz que família está sofrendo represália injustamente

225
0

Após a publicação dia 11 de outubro da matéria sobre o crime de morte contra uma mulher de 26 anos de nome FLÁVIA ANDRESSA DA SILVA RODRIGUES, 26 anos (conhecida como ANDRESSA), foi vítima de disparos de arma de fogo e que pessoas teriam comentado a possível participação do ex – esposo da vítima, que encontra-se recolhido por outro deleito.

Segundo informações da ex cunhada de iniciais L.M em contato com nossa redação, informou que não há  nenhuma linha de investigação apontando o ex companheiro da vítima como tendo participação no crime, conforme relatado por populares no local e data do crime e ainda segundo ela, a família vem sofrendo represália devido os comentários acusando o e homem que está recolhido, familiares vem sofrendo discriminação injustamente.

Confira o relato da ex cunhada da vítima:

Eu L. M – venho por meio dessa, pedir para que seja desfeito um boato que surgiu no dia em que assassinaram minha ex cunhada FLÁVIA ANDRESSA no dia 11 de Outubro 2020, pois foi noticiado neste veículo de comunicação que: segundo pessoas que estavam no local e pediram para não serem identificadas, falaram que ela seria mãe de três filhos e seu ex-esposo estaria preso e teria participação no crime. Isso não procede e que eu saiba, não houve nenhuma queixa-crime a respeito e sem contar que é um absurdo essa acusação sem nenhum fundamento.

Além do mais, tem os filhos que estão sofrendo. Hoje (23/10) aconteceu um fato muito triste, pois mandei minha sobrinha para a escola de reforço e lá, uma coleguinha disse a minha sobrinha que o pai dela havia matado sua mãe, logo dá para imaginar como ficou essa criança e eu como tia vendo esse sofrimento fiquei arrasada e a única coisa que pensei, foi em marcar um psicólogo.

Hoje, sou pai e mãe dessas crianças e por isso, peço que por favor, tenham cuidado com o que falam, para não fazerem pessoas inocentes sofrerem sem necessidades ou até mesmo pagar por algo que não fizeram.

Assim sendo, peço que parem de imputar um crime a uma pessoa inocente!

Esclarecemos que em momento algum nosso blog RADAR DE NOTÍCIAS afirmou quem seria o responsável pelo crime, apenas relatou comentários proferidos aleatoriamente por pessoas que estavam no local do evento e falaram publicamente.

Nos colocamos à disposição de ambas as partes para os devidos esclarecimentos sobre o assunto.

Por  Emanoel Cordeiro

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui