Araripina Pernambuco Petrolina

FIEPE inicia processo de integração pelas regionais de Petrolina e Araripina

Compartilhe:

 


Assessoria


A Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco dá os primeiros passos para o compartilhamento do Sistema FIEPE. Um compromisso firmado entre o presidente Ricardo Essinger e o setor produtivo do Estado virou uma realidade desde o início desse ano, quando as unidades de Petrolina e Araripina passaram a trabalhar de forma integrada.

Para o empresário do setor industrial, mais comodidade e praticidade por encontrar o Serviço Social da Indústria (SESI), Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), Instituto Euvaldo Lodi (IEL) e Federação (FIEPE) em uma só gestão. Com um só atendimento especializado, ele poderá encontrar a melhor solução para a indústria.

Para o sistema, mais eficiência e uma comunicação mais fluida entre todos os agentes. “Como sempre foi um compromisso nosso, qualquer mudança só virá se acompanhada de benefícios para os empresários. Nosso objetivo com a integração é oferecer ainda mais competitividade para a indústria Pernambucana”, adianta o presidente do Sistema FIEPE, Ricardo Essinger.

Com o objetivo de conduzir essas mudanças, a entidade criou um comitê de integração, composto por colaboradores do Sistema FIEPE, que ficará responsável por coordenar o projeto. Para isso, o grupo tem feito benchmarking em outras Federações e contratado consultorias que já realizaram esse processo.

Em Petrolina, quem assume a unidade integrada do Sistema FIEPE é Flávio Guimarães, que já dirigia a escola técnica do SENAI na região do Sertão do São Francisco há 18 anos. Formado em Química Industrial com pós-graduação em Tecnologia de Processamento de Sucos e Polpas Tropicais, Flávio Guimarães tem MBA em Gestão de Empresas e em Gestão Estratégica de Instituição de Educação Profissional e Tecnológica, além de mestrado em Engenharia Agrícola.

Leia também: