Home Araripina Ideologia de Gênero – Vereador João Erlan divulga carta aos pais e...

Ideologia de Gênero – Vereador João Erlan divulga carta aos pais e professores de Araripina

1
O projeto de lei n°037/2017, que proíbe as atividades pedagógicas de ideologia de gênero e educação sexual nas escolas de nossa cidade é importante pela necessidade de protegermos a infância. Os pais confiam ao município o seu bem mais precioso, que são os filhos, não tendo o poder público o direito de ensinar aquilo que não está de acordo com os preceitos morais e religiosos dos pais.
As escolas municipais atendem crianças, isto é, pessoas até 12 anos. Não atendem nem mesmo adolescentes, somente crianças que não chegaram sequer na puberdade. Propor ideologia de gênero e a educação sexual a crianças, especialmente das classes menos favorecidas, é fazer campanha pela pedofilia e pela prostituição infantil, um crime disfarçado de educação.
Em 08/07/2015, lideranças leigas e religiosas iniciaram uma campanha de esclarecimento sobre ideologia de gênero no Plano Nacional, Estadual e Municipal de Educação, aqui em Araripina. O Dr. Milton Rolim, Prof. João Muniz, Prof. Erisvaldo, Pr. Barata, Pr. Manoel Lino, Pb Alencar e o Prof. Cícero Leal, que na época era Padre em nossa cidade, travaram uma luta mostrando o risco que corriam as nossas crianças. Agora chegou a hora de fechar as portas emdefinitivo para conter este ataque a integridade física e psicológica das crianças atendidas pelas escolas municipais.
Devemos proibir o ensino de ideologia de gênero nas escolas de nossa cidade, quer no currículo, quer nas atividades extra curriculares não autorizadas pelos pais, considerando que:
a) a ideologia de gênero não possui base cientifica;
b) o ordenamento brasileiro consagra o princípio da proteção integral das crianças e dos adolescentes;
c) o ECA prevê como fundamental a inviolabilidade da integridade física, psíquica e moral das crianças e adolescentes;
d) a Convenção Americana dos Direitos Humanos prevê em seu artigo 12 que a educação moral dos filhos é um direito dos pais;
Apresento um projeto que proíbe o ensino de ideologia de gênero e educação sexual em nossas escolas, vamos seguir o exemplo dado maioria dos municípios de nosso país, onde mais de 90% rejeitaram essa perigosa ideologia.
Devemos proibir o ensino de ideologia de gênero porque o Plano Nacional de Educação 2014-2024, aprovado pela Lei n° 13.005/2014, eliminou todas as referências a identidade de gênero e o mesmo aconteceu com o Plano Estadual de Educação, e também o ECA, em seu Art. 5 diz que “Nenhuma criança ou adolescente será objeto de qualquer forma de negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão, punido na forma da lei qualquer atentado, por ação ou omissão, aos seus direitos”.
Devemos proibir o ensino de ideologia de gênero porque o ECA prevê que é crime “Submeter criança ou adolescente sob sua autoridade, guarda ou vigilância a vexame ou a constrangimento”.
Nossas crianças estão cada vez mais indefesas, e as escolas, que visam formar academicamente nossos filhos, estão se tornando o local onde nossos filhos são compulsoriamente sexualizados precocemente, sem que os pais sequer tenham conhecimento.
O que antes era papel da pornografia e de filmes proibidos para menores (de conteúdo adulto), hoje aparece de forma manipulada em gravuras infantis, apresentadas nas escolas por professores que acreditam que sexo infantil é um direito da criança, e não mais um abuso; um perigo para a estrutura física e emocional das nossas crianças.
Estão matando a inocência de nossas crianças e as tornando presas fáceis para pedófilos, desde a mais tenra idade. O que antes era um local de aprendizado de valores de vida, de pertencimento, de re-significação e valorização do ser humano, hoje se tornou uma escola de sexo, fábrica de vítimas potenciais dos pedófilos, onde crianças pequenas são obrigadas a estudar de forma impositiva sobre sexo, vendo cenas que beiram a pornografia. E tudo isso sob a visão dos relativistas morais, que defendem que sexo na infância faz bem para as crianças e as tornas mais livres e menos PRECONCEITUOSAS?!
Estão doutrinando sexualmente nossas crianças, mudando a cultura de uma nação sobre seu corpo tornando-as presas fáceis para a indústria sexual infantil. Sabemos que se ela aprender precocemente o prazer do sexo adulto se tornará presa fácil para predadores sexuais, achando até mesmo que está sendo cuidada. #Monstruosidade.
Essa não é a cultura do nosso povo, estamos sendo violentados em nossa cultura. Araripina está repudiando esta ideologia que tem como objetivo final a destruição da cultura ocidental baseada nos valores judaicos cristãos. Rejeitamos a ideologia de gênero porque ela é o pretexto para pregar a pedofilia, o incesto e outras práticas que destroem a família. Destruindo a família destruirão a liberdade de nossos filhos que retornarão ao estado de escravos da Roma Antiga, onde não tinham família, não tinham propriedade e por isto nenhuma perspectiva de serem libertados da escravidão.
Todos os adultos podem ter sua opinião e fazer suas escolhas sexuais, pois são responsáveis pelos seus atos, pelos seus erros e seus acertos. Mas permitir que criminosos vendam o futuro de nossas crianças por interesses obscuros, nenhum adulto pode permitir.
Para quem é cristão podemos lembrar Mateus 18:5,6“E qualquer que receber em meu nome uma criança tal como esta, a mim me recebe.Mas qualquer que fizer tropeçar um destes pequeninos que crêem em mim, melhor lhe fora que se lhe pendurasse ao pescoço uma pedra de moinho, e se submergisse na profundeza do mar”. Aos não cristãos perguntaríamos: aprovaria que seus filhos, menores de 12 anos, fossem abusados por pedófilos?
Peço apoio dos pais e professores de nossa querida cidade para darmos um fim a este abuso com nossas crianças, através da ideologia de gênero, travestida de educação sexual e com a distribuição de cartilhas que estimulam nossas indefesas crianças a fazerem sexo. Cartilhas estas já encontradas a anos em nossas escolas. Infelizmente, sem o conhecimento dos pais, estas coisas já estão acontecendo em várias escolas do Brasil, talvez até bem próximo de nós. Esta proposta visa parar imediatamente estes abusos.
Por Deus, pela Pátria e Pelas Famílias…
Não a ideologia de gênero!
Por que Família é um Projeto de Deus!
João Erlan de Holanda Silva
Vereador

1 comentário

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.