Home Destaque Mais de 200 economistas propõem a Bolsonaro fim da estabilidade dos servidores...

Mais de 200 economistas propõem a Bolsonaro fim da estabilidade dos servidores públicos

1


www.deverdeclasse.org//Com informações de: Época Negócios


Quebrar a estabilidade dos servidores públicos é uma das principais bandeiras de Paulo Guedes e general Mourão. Querem introduzir no Estado a lógica do mercado, da iniciativa privada

Um grupo intitulado “Economistas do Brasil” entregou um documento com quase 100 páginas ao presidente eleito Jair Bolsonaro onde propõe o fim da estabilidade dos servidores públicos de todo o País. Dentre os mais de 200 integrantes está Paulo Coutinho, membro da equipe de trabalho do capitão reformado do Exército.

“Uma vez que nem todo cargo público tem as mesmas atribuições, nem todos os cargos públicos deveriam ser estáveis em mesmo grau. Dessa forma, propõe-se introduzir mecanismos que eliminem parcialmente a estabilidade de certos cargos públicos, podendo inclusive estipular a rotatividade de servidores a cada ciclo de avaliação”, diz carta do grupo.

“Vale ressaltar que todo e qualquer servidor público deverá ser exonerado do cargo se não cumprir padrões mínimos de responsabilidade e produtividade”, diz também o documento, publicado dia 12 deste mês no  WhatsApp. Continua, após o anúncio.

Em sua carta, os mais de 200 economistas defendem ainda que o fim da estabilidade poderia vir tanto por conta do desempenho medido objetivamente, como por piora no ciclo econômico.

Ou seja, basta um governo alegar crise financeira que será possível mandar servidores concursados e estáveis para o olho da rua. Quebrar a estabilidade do funcionalismo é uma das principais bandeiras do futuro ministro Paulo Guedes e do general Mourão, vice de Bolsonaro. Querem introduzir no Estado a lógica do mercado, da iniciativa privada.

 

As melhores notícias você encontra aqui.

 

Leia também…

1-STF | Professores podem receber com correção quase 48% em reajustes não pagos do piso do magistério!

2-Piso do Magistério para 2019 pode ser o menor, mas é possível mudança no percentual

3-Antigo Fundef: Pesqueira tem quase 10 milhões dos professores que foram bloqueados pela justiça

4-Mais de 200 economistas propõem a Bolsonaro fim da estabilidade dos servidores públicos

5-Governador proíbe projeto Escola sem Partido! Quem filmar, ameaçar ou coagir professores será punido! Veja Decreto e compartilhe…

6-Após vetar piso dos professores e dar aumento para si mesmo, STF se desmoraliza em todo o País

7-24 milhões do FUNDEF foram pagos em Belo Jardim-PE

8-Governadores pedem fim da estabilidade do funcionalismo e são rechaçados por Flávio Dino! Leia e compartilhe…

9-Vítima fatal: ônibus da banda Edson Lima e Gatinha Manhosa se envolve em acidente no Piauí

10-www.ouricuriemfoco.com.br

1 comentário

  1. Sou funcionário público estadual, sou a favor da estabilidade do servidor público, porém com todos os direitos regidos pela CLT, direito a FGTS, entre outros benefícios que nós não temos, apóio será em massa todos terão os mesmo direitos, trabalhei 30 contribuir me aposentei sem ter Direito a um centavo, entrei e sair sem levar nada parabéns pelo projeto.

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.