Início Notícias Projeto de lei (PL 5595/2020) “projeto da morte”

Projeto de lei (PL 5595/2020) “projeto da morte”

177
0
© Reuters/direitos reservados® Saúde

Opinião

Em meio a grande calamidade pública causada pela pandemia do novo coranavirus, deputados federais em mais uma de suas artimanhas junto com ideologias fracassadas, aprovam um projeto que provavelmente levará milhões de pessoas ao contágio do vírus, (visto as dificuldades que temos no sistema de ensino público), e sem precedentes na história, é brincar com a cara do povo brasileiro.

(O projeto de lei citado acima, nada mais é do que a aprovação do retorno as aulas presenciais, fazendo com que estudantes e professores entrem no corredor da morte, onde está bem claro, pois o Brasil ainda vive recordes de mortes diárias pelo novo coronavírus. Tal medida foi aprovada, entre outros motivos, sob alegação que os menos abastados estão perdendo com aulas remotas ou aulas não presencias, mas pergunto o que vale mais? É a vida? Ou entrar no corredor da morte ? Me parece que não pensaram nisto. Estamos a mercê de representantes do povo brasileiro, seres com atitudes desumanas e sem escrúpulos. Me pergunto se os mesmos colocariam seus filhos em escolas públicas, sem vacinar siquer os profissionais da educação. Se não parece de fato levar-nos ao corredor da morte. Claro que nenhum político seja ele da menor esfera, colocaria seus filhos em tal situação, pois os mesmo devem estar nas melhores escolas que cada comunidade possa oferecer, mas, como é o filho do outro, dos menos abastados, tanto faz. Estamos vivendo dias inacreditáveis, com humanos decadentes e sem nenhum amor ao próximo.

É um momento difícil para todos, mas nossos representantes que estão no poder parece não se importar com a vida do outro. São tantos exemplos de muitos que já morreram por causa desse vírus, e eles continuam sem fazer nada para ajudar o povo a enfrentar essa catástrofe, tudo o que fazem é contra o povo. Vivemos em um momento de pleno absurdo e hipocrisia já mais vista da história brasileira, estamos em plena “guerra” para salvar vidas, e nossos representantes fazem chacota com a Cara do povo brasileiro. Brasil, sempre começando pelo fim, primeiro deveria organizar as escolas, preparar os profissionais e a comunidade escolar para um retorno seguro, depois aprovasse o retorno presencial, mas como de praxe, aqui, o fim é o começo, Deus nos guarde.

Triste fim que o Brasil se deu nesses últimos tempos atuais e de democracia, se formos analisar não temos democracia, mas sim uma ditadura mascarada de democracia, como 300 pessoas decidem o futuro de um país com mais de 200 milhões de habitantes?

Por Romi Pereira
Geógrafo
Especialista em ensino de geografia e história

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui