Notícias Pernambuco

Que atitudes e comportamentos saudáveis devemos ter no trânsito?

Compartilhe

OPERAÇÃO LEI SECA COMPLETA OITO ANOS EM PERNAMBUCO COM 2,8 MILHÕES DE MOTORISTAS ABORDADOS

O enfrentamento aos acidentes de trânsito em Pernambuco, considerado um problema de saúde pública e uma epidemia mundial pela Organização Mundial da Saúde (OMS), tem sido prioridade do Governo de Pernambuco. Neste mês de dezembro, a Operação Lei Seca (OLS) completa oito anos de atuação, sob coordenação da Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), em parceria com o Departamento Estadual de Trânsito de Pernambuco (Detran-PE) e a Polícia Militar de Pernambuco (PMPE). Nesse período, a OLS abordou 2,8 milhões de motoristas e as infrações por alcoolemia correspondem a apenas 1,7% do total de checagens realizadas no Estado. Já os crimes por embriaguez representam menos de 0,1% em relação às infrações. Desta forma, a OLS vem atuando de forma permanente na mudança de comportamento, combatendo o hábito de beber e dirigir.

Para marcar a data e apresentar os números, além de novidades, como a nova sinalização das blitze com placas refletivas para alertar motoristas durante os bloqueios itinerantes, foi realizada uma solenidade na manhã desta quarta-feira (11.12), no Teatro Tabocas, no

Centro de Convenções, em Olinda, com a presença da governadora em exercício Luciana Santos; do secretário estadual de Saúde, André Longo; do coordenador da OLS em Pernambuco, Felipe Gondim; e do diretor presidente do Detran-PE, Roberto Carlos Fontelles. Também foi apresentado o projeto-piloto do Programa Lei Seca Mirim, em parceria entre o núcleo de educação da OLS e escolas municipais do interior do Estado. Houve, ainda, a entrega de 47 medalhas para oficiais e praças com vinte e dez anos de serviço efetivo, além de homenagem em reconhecimento às pessoas que contribuíram nesses oito anos em defesa da vida no trânsito, como ex-secretários de Saúde de Pernambuco e ex-coordenadores da OLS.

ATITUDES E COMPORTAMENTOS SAUDÁVEIS NO TRÂNSITO:

*Todos os ocupantes do veículo, adultos e crianças, devem usar o cinto de segurança inclusive no banco traseiro.

* Crianças de até sete anos e meio nos carros devem usar os equipamentos de proteção adequados à idade (bebê conforto, cadeirinhas ou assento de elevação).

* Pedestre deve sempre ser respeitado. Lembre-se: você também é pedestre.

* Dirigir embriagado reduz em até 25% o tempo de reação, aumentando o risco de acidentes. Se beber vá de ônibus, táxi ou carona.

* Bicicleta também é veículo, portanto deve respeitar a sinalização de trânsito. Motorista, mantenha uma distância segura de 1,5m ao ultrapassar ciclistas.

* Respeite os limites de velocidade. Reduza a velocidade em frente a escolas ou lugares de grande concentração de pedestre.

* Motociclista use sempre equipamentos de proteção: capacete, luvas, botas e jaqueta.

* Respeite as vagas reservadas para idosos e pessoas com deficiência. A gentileza melhora a convivência no trânsito.

* Não use o celular enquanto dirige. A distração é um dos principais fatores de risco para quem está ao volante.

* Dirigir cansado ou com sono é tão perigoso quanto dirigir alcoolizado. Pare e descanse antes de pegar a estrada.

2011 (apenas o mês de dezembro, quando a Lei Seca começou em PE sob coordenação da SES-PE)

– veículos abordados: 20.580

– multas por alcoolemia: 929 (170 constatações, 58 crimes e 701 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 4,5%

2012

– veículos abordados: 251.139

– multas por alcoolemia: 8.613 (1.083 constatações, 473 crimes, 7.057 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 3,4%

2013

– veículos abordados: 349.792

– multas por alcoolemia: 6.990 (1.498 constatações, 396 crimes, 5.096 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 2,0%

2014

– veículos abordados: 363.474

– multas por alcoolemia: 6.677 (1.594 constatações, 308 crimes, 4.775 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 1,8%

2015

– veículos abordados: 371.099

– multas por alcoolemia: 5.823 (1.302 constatações, 162 crimes, 4.359 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 1,6%

2016

– veículos abordados: 415.350

– multas por alcoolemia: 5.847 (1.333 constatações, 194 crimes, 4.320 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 1,4%

2017

– veículos abordados: 378.006

– multas por alcoolemia: 5.291 (1.209 constatações, 106 crimes, 3.976 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 1,4%

2018

– veículos abordados: 441.115

– multas por alcoolemia: 4.308 (944 constatações, 105 crimes, 3.259 recusas)

* percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 1,0%

2019

– veículos abordados: 269.739

– multas por alcoolemia: 3.846 (682 constatações, 102 crimes, 3.062 recusas)

*percentual de multas por alcoolemia do total de condutores abordados: 1,4%

***Dados 2019: Atualizados até o dia 30 de novembro.

JC

Leia também: