Educação Notícias

UFPE se manifesta e tranquiliza comunidade acadêmica após ameaça de ataque armado

Compartilhe:

Uma postagem em um fórum da deep web (internet fora dos mecanismos de busca) assustou alunos e demais membros da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) neste fim de semana. No fórum extremista Dogolachan, um membro anunciou que faria um atentado armado no Campus Recife da Universidade. Os prints da postagem circularam nas redes sociais e deixaram a comunidade em alerta. A instituição se posicionou neste domingo (9) sobre a ameaça.

O texto que viralizou diz, inclusive, que uma tentativa do suposto atirador, utilizando um AR-15, havia sido frustrada pela presença da Polícia Militar que faz rondas no campus. Utilizando o nome de Sanctvs, o usuário dirigiu ameaças à comunidade de esquerda do centro, além de postar mensagens de conteúdo racista. “Aquele antro de marxistas, psolistas e petistas fede a merda e maconha. Eles vivem utilizando o espaço da faculdade para implantar suas fantasias“, dizia parte do conteúdo das postagens. Ainda nas mensagens, o suposto atirador fala que irá realizar o atentado no segundo semestre letivo.

Vale lembrar que o Dogolachan é o mesmo fórum onde foram encontradas postagens sobre o atentado de Suzano, antes do mesmo acontecer. De início, fórum se propunha a ser centro de referência para usuários machistas, de ideologia ultradireitista, pautados para o ataque e a degradação de mulheres.

Nesse mesmo fórum, usuários também já tinham apoiado o Massacre de Realengo, no qual Wellington Menezes de Oliveira matou 12 crianças, em abril de 2011, na Escola Municipal Tasso da Silveira e depois se suicidou.

Nota

A UFPE, porém já procurou tranquilizar os alunos, se pronunciando oficialmente sobre o caso. A instituição confirmou a ameaça e acionou a Superintendência de Segurança Institucional (SSI) para investigação.

Confiram trechos da nota da universidade:

A fim de tranquilizar a comunidade acadêmica da #UFPE, a Reitoria informa que já estão sendo tomadas providências em relação às informações difundidas nas redes sociais sobre um possível ataque armado que estaria sendo tramado para ocorrer no Campus Recife. A Administração Central tomou conhecimento ontem (8), por volta das 23h, da ameaça e imediatamente acionou a Superintendência de Segurança Institucional (SSI) da Universidade, que já está trabalhando com as autoridades policiais – Polícia Federal, Polícia Militar e Secretaria de Defesa Social – na investigação do caso. Todo o material coletado pela UFPE na internet foi encaminhado pela SSI às autoridades”.

A SSI reforça, neste momento, a importância do trabalho integrado realizado na instituição com os órgãos de segurança pública, que funciona de forma preventiva. De acordo com a superintendência, a Polícia Federal e a Secretaria de Defesa Social já estão monitorando o caso, o que também está sendo feito pela própria segurança da UFPE”. (Fonte: Folha de PE/Foto: Arnaldo Carvalho/JC )

Leia também: