Início Notícias Vídeo mostra assalto a ônibus que deixou homem morto com tiro na...

Vídeo mostra assalto a ônibus que deixou homem morto com tiro na cabeça e soldado baleado no rosto em Jaboatão dos Guararapes (PE)

79
0
Gilberto Joaquim Santana, de 41 anos, e Luan Odenio de Lira Silva, de 20 anos, foram as vítimas do crime — Foto ReproduçãoWhatsApp

 

 

O assalto a um ônibus que deixou um passageiro morto com um tiro na cabeça e um soldado do Exército baleado no rosto foi registrado pelas câmeras de segurança do veículo, que mostram o momento em que as vítimas são atingidas pelos disparos.

O crime ocorreu na noite da segunda (7), na PE-17, no bairro de Marcos Freire, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife. Na filmagem, é possível ver os dois feridos caindo baleados na porta do meio do coletivo da linha 405 – Jaboatão/Piedade.
O ônibus estava lotado e várias pessoas, incluindo o condutor do veículo, saíram correndo pela porta dianteira para escapar dos assaltantes. Outros passageiros que estavam na parte de trás do ônibus se abaixaram para tentar se proteger dos tiros.

Vídeo mostra assalto a ônibus que deixou homem morto com tiro na cabeça e soldado baleado no rosto

O motorista Gilberto Joaquim de Santana, que estava voltando para casa após o expediente, morreu no local após ser atingido por um tiro na cabeça. O soldado do Exército identificado como Luan Odênio de Lira Silva foi baleado no rosto e socorrido para a Unidade de Pronto-Atendimento (UPA) Lagoa Encantada, no Ibura, na Zona Sul do Recife.

Depois, ele foi transferido para o Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, na área central da capital. Na manhã desta quarta-feira (9), a assessoria de imprensa da unidade de saúde informou que o soldado segue intubado, com estado de saúde considerado grave.

Na terça-feira (8), a Polícia Civil prendeu os dois assaltantes desse caso, que não tiveram os nomes divulgados devido à Lei de Abuso de Autoridade. Eles foram detidos em endereços distintos no bairro de Marcos Freire, também em Jaboatão dos Guararapes, próximo de onde houve o latrocínio, que é o roubo seguido de morte (veja vídeo abaixo).

“O primeiro suspeito preso tentou se evadir, inclusive se arranhou durante a fuga, mas a gente conseguiu cercá-lo em um terreno por trás de onde ele estava. O segundo suspeito não ofereceu nenhuma resistência”, afirmou o delegado Vitor Hugo Rondon, titular da 11ª Delegacia de Homicídios de Jaboatão dos Guararapes.

Ainda de acordo com o delegado, os dois presos confessaram a participação no crime. “O atirador assumiu toda a culpa pelos disparos, mas ambos participaram do roubo”, disse. A polícia encontrou a arma que teria sido utilizada no assalto. O revólver calibre 38 estava escondido em uma fralda suja.

Sobre o envolvimento de um terceiro assaltante nesse caso, Rodon afirmou que não há confirmação. “A gente não confirma o envolvimento de nenhuma outra pessoa no crime, até porque as imagens deixam claro apenas a participação dos dois suspeitos que foram presos”, declarou.

Os dois presos devem responder pelos crimes de latrocínio consumado e latrocínio tentado. “Eles aguardam resultado da audiência de custódia telepresencial, onde o juiz vai determinar se eles seguem para o Cotel [Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna, em Abreu e Lima, no Grande Recife] ou são colocados em liberdade”, contou.

De acordo com a Polícia Civil, enquanto aguardam o resultado da audiência de custódia, os dois autuados forma levados para a sede do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), localizado no bairro do Cordeiro, na Zona Oeste do Recife.

Por G1 PE

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui