Notícias Vídeos

Vídeo mostra momento em que assassino invade igreja para matar em Minas Gerais

Compartilhe:

Imagens de circuito interno mostram o momento em que um assassino entra na Igreja Batista Shalom, em Paracatu, no Noroeste de MG, para matar três pessoas. Momentos antes, ele também matou a ex-namorada. Em respeito às vítimas, o G1 divulgou imagens até o momento das ameaças (veja abaixo).

No vídeo é possível ver que fiéis estão em uma roda de oração na frente da igreja quando o homem 39 anos entra com uma arma na mão. Ele faz ameaças e não deixa as pessoas saírem pela porta da frente. Momentos depois, atira contra Antônio Rama, 67 anos, pai do pastor.

Depois, o assassino também matou duas mulheres e foi rendido pela polícia. As vítimas são veladas em Paracatu e Uberlândia. As causas das mortes serão investigadas pela Polícia Civil.

Segundo informou o sargento Cirino de Menezes, da assessoria comunicação d 45º Batalhão de Polícia Militar, testemunhas contaram que o autor estava fazendo ameaças ao pastor Evandro Rama depois dele ter sido retirado de um grupo do WhatsApp da igreja por motivos de comportamento. A informação foi confirmada por familiares da vítima.

O policial contou ainda que diante da situação, câmeras foram instaladas dentro da igreja.

Outras imagens de circuito de segurança em frente a igreja mostram o momento em que o assassino chega ao local. O portão estava fechado, mas o homem conseguiu arrancar e entrar na igreja.

Entenda

O assassino, de 39 anos, estava na casa da família dele, no Bairro Bela Vista, juntamente com a ex-companheira, a mãe e a irmã. A PM contou que as pessoas faziam uma corrente de oração, o que não agradou o homem. Ele golpeou Heloísa Vieira Andrade, de 59 anos, no pescoço com um canivete. Ela não resistiu e morreu no local.

Em seguida, o homem foi até a Igreja Batista Shalom, que fica a três quarteirões da casa, onde cerca de 20 pessoas estavam reunidas. Segundo informou a PM, ele ameaçou matar o pastor Evandro Rama, que conseguiu fugir. Contudo, o criminoso atirou e matou Rosangela Albernaz, de 50 anos, Marilene Marins de Melo Neves, 38 anos e Antônio Rama, 67 anos, pai do pastor.

A PM, que seguia até a casa onde aconteceu o primeiro homicídio, passou em frente a igreja e ouviu os disparos. Um policial entrou e tentou render o assassino, que usou uma das vítimas como escudo. O militar atirou contra o homem, que foi levado para o Hospital Municipal de Paracatu. Com ele foram apreendidos uma arma, o canivete e munições intactas.

Por G1 Triângulo Mineiro

Vídeo Portal PE10

Leia também: