Início Site

Antonio Fernando se reúne com a secretária de infraestrutura e pede recuperação de estradas e obras hídricas para o Araripe.

Mesmo durante a pandemia da COVID-19, o deputado Estadual Antonio Fernando (PSC) segue trabalhando em defesa de obras e ações em benefício do Sertão do Araripe. Na manhã desta 4ª feira (08.07) o deputado teve audiência com a Secretária de Infraestrutura e Recursos Hídricos de Pernambuco, Fernandha Batista. “Foi um encontro produtivo. Tratamos de pedidos urgentes, como a recuperação de estradas do Araripe e de questões de médio e longo prazo, como o “Canal do Sertão” e as perspectivas para que obras hídricas do Governo estadual no Araripe comecem a ser realizadas”, afirmou o deputado.

Entre as urgências, Antonio Fernando pediu à secretária Fernandha Batista serviços de recuperação (tapa-buracos e recapeamento asfáltico) na rodovia PE-545, no trecho que vai de Ouricuri, passando por Bodocó e Exu, até a divisa com o Ceará. O mesmo serviço foi pedido para a PE-604, no trecho que parte de Ouricuri, passa por Santa Cruz, até alcançar Lagoa Grande. “No caso destas duas rodovias (PE-545 e PE-604), indicamos, ainda, que Pernambuco apresente ao Governo Federal um pedido de reversão do domínio das PE-545 e PE-604, para que se tornem novamente BR-122, e voltem ao controle e conservação da União, que dispõe de muito mais recursos para a manutenção das rodovias”, explicou Antonio Fernando.

Ainda com foco nas rodovias do Araripe, o deputado fez solicitação de serviços de recuperação e manutenção – com uso de máquinas – de trecho não asfaltado da Rodovia PE-590, entre Ipubi e o distrito de Santa Rita, (que pertence a Ouricuri). Mesmo caso do trabalho pedido para a PE-630, do município de Trindade; passando pelos distritos de Barra de São Pedro e Vidéu, em Ouricuri; pelo município de Santa Filomena; e chegando até Dormentes.

Em outra pauta da reunião – que também teve participação do presidente do Sindaçúcar, Renato Cunha – o deputado pediu que o Estado atue junto ao Governo Federal em defesa do Canal do Sertão. “O Canal do Sertão é uma obra de muita perspectiva para alavancar a produção rural nas terras de solo muito fértil do Sertão do Araripe. E uma das culturas com maior potencial de produtividade é a Cana de Açúcar irrigada, chegando a mais do que o dobro da produtividade alcançada pelas usinas mais produtivas do País. Por isso, contamos com o apoio do Sindicato da Indústria do Açúcar e do Álcool de Pernambuco na luta para que o Canal do Sertão se torne realidade”, afirmou Antonio Fernando.

O deputado também abordou questões hídricas de médio prazo, com grande interesse para Ouricuri e o Araripe. “Defendemos a construção de uma Adutora de Captação interligando o Eixo Norte da Transposição do São Francisco (barragem de Negreiros, em Salgueiro), com a Caixa D´água de Distribuição da Adutora do Oeste, entre os Municípios de Ouricuri e Parnamirim. Essa obra é estratégica para vários municípios do Araripe, vez que a vazão da Adutora do Oeste – sistema que já tem 25 anos – está no limite e já não tem capacidade de atender a demanda de água para abastecimento humano dos municípios do  Araripe na totalidade”, disse Antonio Fernando.   Por fim, o deputado pediu a maior brevidade possível para o início da construção da adutora do Tamboril, obra fundamental para a cidade de Ouricuri, destinada, prioritariamente, ao consumo humano, podendo levar água para as torneiras das casas de mais de 2.500 famílias da cidade.

Caixa pede devolução de auxílio para Nubank e PicPay, e clientes reclamam que dinheiro sumiu

Clientes das contas digitais Nubank e PicPay acusam desde terça-feira (7) o sumiço de dinheiro de suas contas. O montante supostamente desaparecido é do auxílio emergencial, mas não, ele não sumiu. Ele voltou para a Caixa.

Beneficiários do auxílio emergencial precisam administrar o dinheiro pelo Caixa Tem, aplicativo que apresenta falhas desde o início do pagamento dos R$ 600.

Com a formação de filas nas agências e a falta de dinheiro em espécie, a Caixa criou um cronograma para saque dos valores. Ao anunciar o pagamento da terceira parcela do auxílio emergencial, referente a junho, o calendário restringiu também as transferências para outros bancos.

Essas transações dependem da data de nascimento do beneficiário e poderão ser feitas a partir de 18 de julho com um calendário que se estende até setembro.

Enquanto isso, o beneficiário pode usar o aplicativo para ler QR-Codes em maquininhas de cartão e pagar compras no comércio e também para pagar boletos.

Boa parte das contas digitais de fintechs do país aceita depósitos de dinheiro em boleto, um serviço criado para driblar as altas taxas de transferências bancárias do tipo DOC e TED.

No contexto do auxílio emergencial, a ferramenta passou a ser usada para transferir o dinheiro para uma conta antes do calendário da Caixa.

O banco público procurou na terça Picpay e Nubank afirmando que havia identificado pagamento de boletos em duplicidade e pediu o estorno de valores. Segundo fontes do mercado financeiro, o pedido é praxe.

No entanto, após o início das devoluções do dinheiro, as fintechs perceberam que várias das operações não eram em duplicidade, mas dois boletos de mesmo valor pagos e com os respectivos comprovantes. Em vez de pagar um único boleto de R$ 600, por exemplo, os clientes estavam pagando dois de R$ 300. Os estornos à Caixa foram interrompidos após o diagnóstico do problema.

No Caixa Tem, a função de pagamento de boletos apresenta problemas e pede ao usuário que tente fazer a operação mais tarde.

Em nota, o PicPay afirma que 2,9 milhões de usuários transferiram benefícios para a conta digital e que a falha foi resultado de uma instabilidade de no aplicativo da Caixa.

O Nubank escreveu em suas redes sociais que atendeu ao pedido da Caixa, mas que ao perceber as críticas dos clientes, suspendeu os estornos e devolveu os valores.

A Caixa não respondeu os questionamentos até a publicação desta reportagem.

Esse é apenas um dos problemas do aplicativo da Caixa, que atende 65,2 milhões de brasileiros que perderam renda durante a pandemia do novo coronavírus.

Para entrar no aplicativo, há uma fila de espera de horas.

Além dos beneficiários do auxílio emergencial, a Caixa vai usar o Caixa Tem para pagar o saque de R$ 1.045 do FGTS. Os valores serão transferidos da conta do fundo do trabalhador para a Caixa até 21 de setembro, também de acordo com calendário que segue o mês de aniversário. Os saques e as transferências, no entanto, só estarão disponíveis de de 25 de julho a 14 de novembro.

Serra Talhada registra 45 casos de Covid-19 em 24h; total agora é de 836 pessoas confirmadas

 
A Secretaria de Saúde de Serra Talhada informa que foram registrados mais 45 casos positivos de Covid-19 nesta quarta-feira (08/07), totalizando 836 casos positivos no município. Foram realizados 143 testes rápidos no Laboratório Municipal José Paulo Terto, sendo 45 positivos e 98 negativos.
O número de casos suspeitos subiu para 55 e o de casos descartados subiu para 3.000. Entre os casos confirmados, o município tem 580 pacientes recuperados, 234 em tratamento domiciliar e 08 em leitos de internamento.
Em relação aos profissionais de saúde contaminados, 49 estão recuperados e 09 em isolamento domiciliar monitorado. O boletim diário, portanto, fica com 836 casos confirmados, 55 casos suspeitos, 580 recuperados, 3.000 descartados e 14 óbitos.
CASOS CONFIRMADOS:
ZONA URBANA
IPSEP (144)
São Cristóvão (114)
AABB/Várzea (99)
Centro (91)
Bom Jesus (88)
Cohab/Tancredo Neves (70)
Vila Bela (42)
Alto da Conceição (32)
CAGEP (25)
Malhada Cortada/Baixa Renda (17)
Caxixola (15)
Mutirão (16)
Universitário (10)
Borborema (10)
Nossa Senhora de Fátima (03)
ZONA RURAL
Varzinha (11)
Barra do Exú (10)
Sítio Poço Escuro (05)
Fazenda Saco – IPA (05)
Sítio Conceição de Cima (03)
Caiçarinha da Penha (03)
DNOCS (03)
Vila Santa Rita (03)
Fazenda Cacimbinha (02)
Sítio Bonsucesso (02)
Fazenda Cajuí (02)
Conceição de Baixo (02)
Fazenda Icós (01)
Lagoa da Pedra (01)
IPA (01)
Fazenda Joazeiro (01)
Fazenda Ponta da Serra (01)
Sítio Poço Frio (01)
Serrote Branco (01)
Açude de Baixo (01)

MEC anuncia que Enem será em 17 e 24 de janeiro de 2021

O Ministério da Educação anunciou hoje as novas datas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). O exame, que teve a aplicação adiada por causa da pandemia do novo coronavírus, será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021. Já a prova do Enem digital ocorrerá nos dias 31 de janeiro e 7 de fevereiro de 2021, informou o Ministério da Educação (MEC).

Os resultados finais das provas serão divulgados a partir do dia 29 de março de 2021.

O evento ocorreu no Ministério da Educação (MEC) e contou com a presença do secretário-executivo da pasta, Paulo Vogel, e o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes.

Segundo o levantamento feito pelo Inep, para 49,7% dos estudantes, o Enem impresso deveria ser aplicado em 2 e 9 de maio de 2021 e o Enem digital em 16 e 23 de maio. As provas estavam originalmente marcadas para ocorrer em novembro.

Confira a divulgação das datas na TV Brasil:

Seleção Unificada

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) estão abertas até o dia 10 de julho. Serão oferecidas mais de 51 mil vagas em instituições de ensino superior do país.

Pela primeira vez, além dos cursos de graduação presenciais, o Sisu 2020.2 vai ofertar vagas na modalidade a distância (EaD). Além de ter feito o Enem de 2019, os interessados não podem ter zerado a redação. Estudantes que fizeram o exame na condição de treineiros também não podem participar.

Por Agência do Brasil

Cavalo com tornozeleira eletrônica é encontrado pela polícia em pasto, no interior do Ceará

Um cavalo foi encontrado, nessa terça-feira (7/7), usando a tornozeleira eletrônica de um detento que cumpria pena em regime semiaberto, na cidade de Iguatu, interior do Ceará (foto em destaque). As informações são do Portal iG.

Moradores da cidade perceberam o animal com o equipamento, e acionaram a polícia. A Secretaria de Administração Penitenciária do estado informou que o homem foi identificado pelo número presente na tornozeleira.

O detento teve a prisão convertida em regime fechado, e está sendo procurado pelas autoridades. Ele havia sido preso por tráfico de drogas e um assalto na cidade de Várzea Alegre.

As informações são do Metrópoles.

Avião cai na zona norte de São Paulo; uma pessoa morreu

Um avião de pequeno porte caiu na região do Aeroporto Campo de Marte, na Zona Norte de São Paulo, no final da tarde desta quarta-feira (8). As informações são do G1. Um morador próximo ao aeroporto presenciou a queda e gravou um vídeo. O avião caiu na Avenida Braz Leme e, segundo informações iniciais, há um morto e três feridos. Após a queda o avião pegou fogo. Equipes do Corpo de Bombeiros estão indo para o local do acidente. “Eu estava a uns 50 metros pela Braz leme e eu vi uma bola preta, uma explosão. Aí, eu já cheguei perto explodiu um pouco mais. Eu consegui ver um corpo, mas não tinha como chegar perto. Estava pegando fogo ainda e tava muito quente perto. Eu só não entendi se estava decolando ou chegando porque o muro parece que não foi abalado. Foi no meio da pista sentido bairro”, disse o engenheiro civil, Fausto Batista.

Confira as Manchetes dos Jornais dessa quinta-feira (09)

A Tarde
Bahia registra 3.582 novos casos de Covid e 61 óbitos nas últimas 24 horas

Correio da Bahia
Geddel testa positivo para coronavírus em presídio de Salvador

Tribuna da Bahia
Produção industrial na Bahia sobe 7,6% em maio, diz IBGE

O Globo
Bolsonaro faz exames cardíacos para monitorar efeitos colaterais da hidroxicloroquina

O Dia
Brasil registra mais 1.223 mortes; total vai a 67.964

Extra
Facebook derruba páginas de auxiliares da Presidência e de Flávio e Eduardo Bolsonaro

Folha de São Paulo
Avião cai em avenida da região norte de São Paulo; piloto morre carbonizado

O Estado de São Paulo
MEC anuncia que Enem será realizado nos dias 17 e 24 de janeiro de 2021

Correio Braziliense
Decreto suspende reabertura de academias, salões, restaurantes e escolas no DF

Valor Econômico
Visa e Mastercard mostram modelo ao BC para liberar pagamento via WhatsApp

Estado de Minas
Fundador da Ricardo Eletro passa por exame de corpo de delito em BH após prisão

Jornal do Commercio
Deputado bolsonarista diz que cloroquina não funciona e pede que presidente ‘obedeça a medicina’

Diário do Nordeste
Caixa pede devolução de auxílio para Nubank e PicPay, e clientes reclamam que dinheiro sumiu

Zero Hora
Bolsonaro sonda três evangélicos para o Ministério da Educação após pressão de aliados

Fluminense convida médico do clube para levantar a Taça Rio em homenagem aos profissionais de saúde

Uma cena curiosa marcou o título da Taça Rio do Fluminense, nesta quarta-feira. Ao invés dos capitães do clube erguerem o troféu, o ato ficou marcado pela presença dos médicos do clube. Na verdade, foi uma homenagem ao profissionais de saúde que seguem no combate à Covid-19.

Após vencer o Flamengo nos pênaltis por 3 a 2, no Maracanã, Hudson e Digão receberam a taça para erguê-la no palco. Porém, a dupla chamou o ortopedista do clube, Jorge Lopes, para realizar o movimento.

Não foi a primeira vez que o Fluminense homenageou profissionais da área de saúde durante a pandemia do novo coronavírus. Ao voltar a disputar o Campeonato Carioca, em 10 de junho, a equipe foi ao campo do Nilton Santos com uma faixa carregando o dizer “obrigado profissionais de saúde” antes da partida contra o Volta Redonda.

As palavras também foram estampadas na frente da camisa da equipe tricolor. Os atletas utilizaram uma camisa preta, em sinal de luto a todas as pessoas que morreram após terem contraído o novo coronavírus.

Com a vitória do Fluminense sobre o Flamengo na decisão da Taça Rio, nos pênatis, a final do Campeonato Carioca será decidida em dois jogos, com mando de campo já definido pelo Flamengo.

As partidas acontecerão no próximo domingo e na quarta-feira. Domingo 16h, Fluminense e Flamengo, e quarta 21h30, Flamengo e Fluminense.

Como tem a melhor campanha geral entre os dois turnos, o time da Gávea tem a prerrogativa de definir se quer ser mandante no jogo de ida ou no jogo de volta.

Rxtra-RJ

Professores do município de Lagoa dos Gatos denunciam atraso no repasse do piso salarial

O acordo feito em conjunto entre o Sindicato e a Prefeitura está em aberto desde janeiro deste ano

Os professores da Rede Municipal de Lagoa dos Gatos, na Mata Sul de Pernambuco, relatam que desde janeiro entraram em acordo com a Prefeitura da cidade, através do Sindicato da categoria, para que os repasses encaminhados pelo Governo Federal fossem realizados em março deste ano. Mas, mesmo com todas as aulas acontecendo em regime remoto, o pagamento ainda não aconteceu.

Na reunião com a comissão no começo do ano, uma ata foi assinada para sinalizar o compromisso com os professores e fotos foram publicadas nas redes sociais da Prefeitura, ressaltando a valorização da categoria. Mas, de acordo com os professores, o acordo não foi cumprido. Em uma nova tentativa de validação, a Prefeitura se comprometeu em enviar o Projeto de Lei para votação na Câmara na última terça-feira (07) e mais uma vez não conseguiu cumprir a decisão.

O piso salarial é um direito previsto em lei, conveniado com os Sindicatos de algumas categorias, de acordo com a jornada de trabalho. Mesmo em situação de emergência na saúde pública, a Recomendação Conjunta do Tribunal de Contas e do Ministério Público do Estado, de número 04/2020, deixa a categoria respaldada de anulações de ajustes e repasses salariais. Vale ressaltar que os professores de Lagoa dos Gatos estão trabalhando de maneira remota, gravando e divulgando as aulas virtualmente, afim de levar o conhecimento para as crianças do município.

Família de Bodocó procura por Pedro Honorato, desaparecido no Maranhão

Pedro Honorato Gomes Filho

Maria Helena Gomes entrou em contato com este meio de comunicação na esperança de encontrar seu irmão desaparecido ha mais de 13 anos. Ele é natural de Bodocó, foi embora para o Maranhão e nunca mais deu notícias.

Leia a história de seu desaparecimento abaixo contada por sua irmã: 

Eu, Maria Helena Gomes, procuro meu irmão, Pedro Honorato Gomes Filho, natural de Bodocó, nascido em 23 de abril de 1977. Ele desapareceu há 13 anos no povoado de Pau Cheiroso em Codó do Maranhão.
Saiu de Bodocó, estado de Pernambuco, para trabalhar na casa de minha irmã, Francisca Aparecida Gomes, mais conhecida como Tica, onde ele se envolveu em um problema com o esposo dela, Milton Evangelista dos Santos, mais conhecido como Milton Ceará… quando tudo isso aconteceu ela veio embora.
E meu irmão, João Honorato Gomes, foi até a cidade de Codó do Maranhão atrás de Pedro Honorato Gomes Filho, onde ele se encontrava preso na cadeia de Codó do Maranhão.
Assim que meu irmão João voltou pra Bodocó, aconteceu uma rebelião na cadeia onde Pedro estava, depois disso não tivemos mais notícias dele, se está vivo ou morto.

Minha mãe, Maria Silvestre da Silva, de 75 anos se encontra doente e pergunta muito por ele, queria muito notícias ou ver ele mais uma vez.
Gente quem poder ajudar agradeço muito, a saudade que sentimos e de mais.

Desde já agradeço a todos que puderem compartilhar para que chegue até meu irmão, finaliza Helena.

Contato: (87)999019558
(87)91958222

Mais lidos