Compartilhe:
Mais de 5 mil alunos da Rede participaram do Projeto Educação, no Classic Hall (Foto: Ademar Filho)

No último domingo (04), cerca de 200 escolas regulares, de referência e técnicas estaduais participaram do aulão do Projeto Educação, promovido pela Rede Globo Nordeste em parceria com a Secretaria Estadual de Educação (SEE). O evento aconteceu durante todo o dia, no Classic Hall, em Olinda, e reuniu mais de 5 mil alunos da Rede Estadual.

A tensão pré-vestibular foi deixada de lado e deu lugar a uma revisão descontraída. Ao todo, 21 professores revisaram assuntos de 14 disciplinas que cairão no Enem. O exame, que acontece 24 e 25 de outubro, é um dos mais importantes do país para ingressar em uma universidade. Na abertura do aulão, o secretário de Educação, Fred Amancio, conversou com os estudantes. “Eu estou ansioso por vocês. É como se eu estivesse participando do vestibular de novo”, brincou. “Agradeço a todos que se esforçaram para chegar aqui, e quero dizer que essa estrutura e programação foram montadas com todo carinho para que vocês façam uma prova com segurança e conteúdo. Bons estudos e bom vestibular”, desejou o secretário.

O estudante Vagner Carneiro, da Escola Estadual Dom Sebastião Leme, era só expectativa antes do aulão começar. “Todos os meus amigos que vieram no ano passado falaram bem do Projeto Educação. Vim com sede de aprender e pegar algumas dicas para fazer bonito na prova. Estou um pouco nervoso, pois é o meu primeiro vestibular, mas com todos os amigos aqui reunidos, compartilhando as dúvidas e trocando informações, essa tensão diminui”, contou.

Uma das escolas mais animadas era a Escola Estadual João Alfredo, em Goiana, Mata Norte do Estado. Os 20 estudantes que viajaram para o evento escreveram plaquinhas sinalizadas com balões e fizeram até gritos de guerra. “Há alguns fins de semana nós estamos fazendo revisões na escola, simulados e treinando nossos alunos para o Enem. O objetivo em trazê-los foi de justamente tirar um pouco dessa tensão e pegar algumas dicas com professores de cursinhos”, disse o docente de literatura da unidade de ensino, Manfline Maciel.

Carina Cardoso/Secretaria de Educação de Pernambuco
Quarta, 07 de outubro de 2015 – Postado por Elismar Rodrigues
Gostou do conteúdo? Compartilhe para que mais pessoas fiquem tão informadas quanto você.

Leia também: