Petrolina

Petrolina terá ações integradas pelo fim da violência contra a mulher

Compartilhe:

A luta pelo fim da violência contra as mulheres será abordada com ênfase em Petrolina. A partir de agora, as ações de enfrentamento deverão ganhar força através de parcerias que devem levar ações contínuas às comunidades mais atingidas pelas formas de violência previstas na Lei nº 11.340/2006, conhecida popularmente como Lei Maria da Penha.

Com a perspectiva de fortalecer a rede de enfrentamento, a secretária Executiva da Mulher e de Acessibilidade, Talita Andrade, reuniu-se esta semana com a coordenadora da Secretaria da Mulher de Pernambuco no Sertão do São Francisco, Normeide Farias, para planejar as ações estratégicas que serão realizadas ao longo do ano.

Segundo a gestora da pasta, o objetivo é realizar mobilizações frequentes e conscientizar a população, além de enfatizar a importância de fazer denúncias contra esse crime.

Foi pensando um conjunto de ações planejadas para o decorrer do ano no intuito de se buscar igualdade e respeito à diversidade, autonomia, levando a discussão da violência contra a mulher e também na fomentação para o mercado de trabalho, tudo no intuito de empoderamento das mesmas como forma de combate à discriminação”, disse Talita.

Entre as ações planejadas está a realização da 8ª edição do bloco carnavalesco ‘Quem Disse Que a Gente Não Vinha – Violência Contra a Mulher é Coisa de Outra’ no próximo dia 25 de Fevereiro com concentração às 16h, na Orla de Petrolina, seguindo até a Praça 21 de Setembro.

Magnólia Costa/Assessora de Comunicação Sec. Cultura, Turismo e Esporte

Leia também: