Home Trindade Manifestação Por Amor à Cultura confronta prefeitura e cobra satisfação de uso...

Manifestação Por Amor à Cultura confronta prefeitura e cobra satisfação de uso do dinheiro público em Trindade

0

A Associação de Cultura de Trindade (ACULT) realizou no fim de semana (8/9 de julho) o I Festival Interestadual de Quadrilhas Juninas e foi bastante criticado por populares, artistas e dirigentes de quadrilhas, com manifestos, palavras de ordem, cartazes, presença clara de protesto, que cobram explicações sobre o Festival Municipal e São João, já que a prefeitura não realizou os eventos culturais tradicionais como carnaval.

, Renato Alves, coordenador da Quadrilha Infantil Balão Mágico diz que o movimento não tem intenção de agredir ninguém politicamente e nem moralmente, mas vai continuar investigando as ações do governo através do Portal da Transparência onde confirma ter encontrado indícios de uso indevido do dinheiro público.

“Até a data de hoje, dia dessa entrevista não foi dado nenhuma satisfação aos quadrilheiros locais sobre o não acontecimento do São João da cidade, mas teve um festival privado que teve total apoio da prefeitura e então achamos muito incoerente, não juntamos as quadrilhas para protestar num movimento 100% pacífico, não teve depredação, nem agressão verbal e nenhum tipo de violência, foi um movimento lindo, onde a gente só cobra explicações sobre essa questão e sobre o uso com o dinheiro público”, disse o quadrilheiro.

Segundo o representante da Balão Mágico, foram contestadas informações encontradas no Portal da Transparência sobre a declaração de um dinheiro que segundo o Portal foi utilizado em eventos culturais. Renato disse que não houve manifestação por parte do governo a respeito da manifestação, apenas um áudio de alguém do governo em grupos de whats app.

“Ninguém entendeu porque não aconteceu o São João do povo e ele apoiou um evento privado, de uma associação da cidade, não houve nenhuma resposta sobre as manifestações, apenas um áudio de alguém do governo dizendo que foi lá no segundo dia porque não tinha medo. Com certeza ele não podia ter medo do povo porque ali não tinha nenhum bandido, apenas pessoas gritando e pedindo explicações sobre o que está acontecendo na cidade. A palavra-chave para resolver todos os problemas é respeito e o nosso objetivo foi alcançado, isso é apenas uma semente e nós vamos colher os frutos”, disse Renato.

Concluindo, Renato Alves disse que o grupo pretende continuar investigando no Portal da Transparência sobre o uso do dinheiro público em Trindade.

Nossa reportagem não conseguiu no momento um contato da Secretaria de Cultura para falar sobre o assunto, no entanto, o espaço estará aberto para declarações. (Fotos: Léo Mobis)

Reportagem, Cidinha Medrado

Confira também…

*Condenação de Lula é tentativa de inviabilizar candidatura em 2018, diz Gleisi

*Moro condena Lula a 9 anos e meio de prisão

*Reforma trabalhista vai agora para sanção de Temer

*Banco do Brasil anunciou que vai disponibilizar recursos de R$ 381 milhões para Pernambuco

*Com 50 votos favoráveis, Senado aprova reforma trabalhista

*Moro pode anunciar sentença de Lula até o fim de semana

*Kaio Maniçoba assumirá secretaria de Habitação em Pernambuco

*Reforma trabalhista: saiba quando as mudanças vão te afetar

*Maia faz apelo para deputados votarem denúncia na sexta: ‘Brasil precisa tomar uma decisão’

*Além de ação contra Lula, Moro tem outras três prontas para julgar na Lava-Jato

*Penhor da Caixa movimenta R$ 7,2 bilhões no primeiro semestre deste ano

*PMDB se reunirá para decidir se fecha questão em relação à denúncia contra Temer

*Temer rebate críticos e diz que, “enquanto alguns protestam, a caravana passa”

*Cufa lança cartão pré-pago para moradores de favelas

*Quinta parcela de 2017 do Pnae e do Pnate depositada nas contas-correntes do Estado e dos municípios pernambucanos

*Inscrições para o Fies no segundo semestre começam dia 25 de julho

*Senadores sabatinam hoje Raquel Dodge, indicada por Temer para substituir Janot

 

 

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here