Bodocó Destaques

Durante encontro pedagógico professores de Bodocó realizam protesto em prol do PCC

Nesta segunda-feira (06), professores da Rede Municipal de Ensino Público da cidade de Bodocó, no Sertão do Araripe, fizeram um protesto contra o Decreto de Nº 09, de 30 de janeiro de 2017, que o atual prefeito baixou revogando o PCC (Plano de Cargos e Carreira) aprovado na gestão anterior.

O impasse se deu devido no final de 2016, o então prefeito Danilo Rodrigues ter enviado um projeto (PCC) à Câmara de Vereadores que na ocasião foi aprovado pelos edis. No entanto, o atual prefeito de Bodocó, Túlio Alves, segundo informação de professores em protesto e cópia do decreto abaixo, alega que o referido projeto não tem legalidade, uma vez que o ex prefeito Danilo, durante os últimos 180 (cento e oitenta dias) eletivos editou as Leis Municipais nº 1.491/2016 e 1.495/2016 que tratam  do assunto em questão, porém o entendimento da Gestão atual é que essas Leis nitidamente proporcionaram elevado aumento de despesas com pessoal, que via de regras afronta o Artigo 169, da Constituição da República, e por sua vez o conteúdo do Parágrafo Único, do Artigo 21, da Lei Complementar Federal Nº 101/2000.

Discordando da atitude do executivo, durante reunião pedagógica, professores em protesto, a maioria vestida de preto se retirou do ambiente no momento em que o advogado ia falar sobre o decreto baixado pelo prefeito, revogando o PCC dos docentes.

Em detrimento do recém aprovado PCC que traz significativos benefícios à classe de professores da Rede Pública Municipal de Bodocó, ter sido cancelado pelo atual prefeito através de Decreto do dia 30 de janeiro, a classe dos referidos PROFESSORES irão se mobilizar mais uma vez no sentido de fazer valer os seus direitos. Para isso é necessário o envolvimento e união da classe nesta luta que está apenas começando, disse o professor José Andrade. Nesse sentido, haverá uma reunião na próxima quarta-feira às 14h no CAE, localizado na Rua do Queijo, vizinho a Bodocó Piso, para fazer um estudo do PCC e de sua total e irrestrita viabilidade. Todos os interessados estejam convidados.

Classe dos Professores

Confira o decreto:

 Ouricuri em Foco

Leia também: