Petrolina

Mulheres de movimentos sociais realizam protestos neste 8 de março em Petrolina, PE

Compartilhe:

Manifestações contra a reforma da previdência foram registradas no centro de Petrolina, interior de Pernambuco, neste 8 de março. Uma passeata, que partiu da Praça do Bambuzinho, seguiu pela Avenida Guararapes e terminou em frente à agência do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), contou com a participação das mulheres do Sindicato dos Agricultores Familiares do município (Sintraf) e de várias outras manifestantes ligadas a movimentos sociais.

Exibindo cartazes e falando palavras de ordens, as agricultoras exigiam que as autoridades locais iniciassem diálogo com o governo federal para buscar uma “alternativa viável às necessidades das mulheres e do Brasil”.

A presidente do Sintraf, Isália Damaceno, fez um alerta para a aprovação da atual proposta de reforma previdenciária. “Nossa categoria não aprova essa mudança porque ela penaliza mais ainda as agricultoras e agricultores do país. Ao igualar o tempo de aposentadoria da pessoa do campo ao do urbano você inviabiliza a próprio meio de subsistência dela, uma vez que a aposentadoria muitas vezes é a principal fonte de renda das famílias de agricultores; além da expectativa de vida deles serem menor”, pontuou.

Texto: Jacó Viana/Imagem: Sintraf

Leia também: