Notícias

Operação Lei Seca neste São João terá como alvo motociclistas

Compartilhe
Operação estará no interior e na RMR Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem
Maioria entre as vítimas de acidente em Pernambuco, os motociclistas serão o foco da Operação Lei Seca neste São João. A ação começará neste sábado (20), nos principais polos de animação no interior e no Grande Recife, e seguirá até o fim do mês.
* Motociclistas são quase metade dos mortos em acidentes de trânsito em Pernambuco 
Para o período do São João, ao todo, serão nove equipes divididas principalmente na Região Metropolitana e em sete cidades: Carpina e Goiana, na Zona da Mata; Limoeiro, Gravatá e Caruaru, no Agreste; e Arcoverde e Afogados da Ingazeira, no Sertão. Porém, o coordenador da operação, André Cavalcanti, alerta aos motoristas que a atuação das equipes dependerá da demanda, podendo também chegar às rodovias que dão acesso às praias do Litoral Sul, por exemplo. “Temos uma parceria com a PRF (Polícia Rodoviária Federal) e com o DER (Departamento de Estradas de Rodagem) para monitorar esse fluxo”, afirma.

As ações começaram em ritmo menor em Caruaru, desde o início de junho, com a abertura das festividades. “No interior, é maior o número de vítimas de acidentes com moto”, frisa Cavalcanti.
Nos anos de 2012 e 2013, 3.953 pessoas morreram vítimas de acidentes de transporte em Pernambuco, sendo 1.633 motociclistas, o que representa mais de 40% das mortes. As cidades com mais óbitos são Ingazeira, Primavera, Vertentes, Angelim, Jupi e Lajedo.
“A orientação para as equipes é priorizar a abordagem a motos. O objetivo é conscientizar o motorciclista sobre a responsabilidade dele, que deve pilotar de forma defensiva”, afirma o coordenador da Lei Seca. Além de fazer o teste de alcoolemia, a operação irá verificar os documentos do condutor e do veículo e analisar as condições de trafegabilidade, como o estado dos pneus.
No ano passado, com ação Lei Seca em Arcoverde e Caruaru, durante o São João, houve redução de 50% nos atendimentos a acidentados, em comparação ao ano de 2013. Foram abordados, entre os dias 23 e 24 do ano passado, 1.442 condutores, sendo 163 motociclistas. No mesmo período de 2013, foram 1.741 abordagens, 562 delas a motos.
Da redação do Blog do Paulo Do JC
Quinta, 18 de junho de 2015 – Postado por Elismar Rodrigues

Leia também: