Educação

Professores estaduais aceitam reajuste proposto pelo governo de PE

Compartilhe:

Em assembleia, os professores decidiram aceitar o reajuste proposto pelo estado na última rodada de negociação. Foto: Sintepe/Divulgação.

Os professores da rede estadual de ensino aceitaram, em assembleia realizada na manhã desta sexta-feira, o reajuste proposto pelo governo do estado. A categoria se reuniu no Teatro Tabocas, no Centro de Convenções de Pernambuco. em Olinda. Na ocasião, foi apresentada a oferta do estado: reajuste de 11,36%. A decisão dos professores faz com que a possibilidade de greve seja descartada.

De acordo com o do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Pernambuco (Sintepe), o acordo firmado entre profissionais e governo foi de atualização do piso dos professores que ainda não recebem o valor mínimo estabelecido para a categoria. Até outubro, as remunerações dos professores com magistério serão atualizados. Em janeiro de 2017, o governo paga os 11,36% retroativos (de janeiro a setembro deste ano).

No último mês de janeiro, o Ministério da Educação anunciou o reajuste de 11,36% no piso salarial dos professores da educação básica. Com o aumento, o rendimento base da categoria passou de R$ 1.917,78 para R$ 2.135,64 em todo o país. O cálculo do índice de reajuste foi feito pela Secretaria do Tesouro Nacional, do Ministério da Fazenda. Os trabalhadores em educação de Pernambuco cobraram o reajuste retroativo a 1º de janeiro.

Diário de Pernambuco

Leia também: