https://i0.wp.com/nilljunior.com.br/blog/wp-content/uploads/2015/01/817e75613b3558fb1a10e69748e521cf.jpg?w=660
Do Diário de Pernambuco
Com uma pauta recheada de reivindicações, o secretário estadual de Transportes, Sebastião Oliveira, reúne-se hoje, em Brasília, com o ministro dos Transportes, Antônio Carlos Rodrigues. Uma das metas do secretário está respaldada na volta da Contribuição de Intervenção no Domínio Econômico (Cide), que destina recursos da arrecadação de impostos sobre combustíveis para obras em rodovias. A expectativa dele é de conseguir a liberação de R$ 14 milhões (recursos da Cide) para o plano de trabalho/2015.
 “Iremos fazer a prestação de contas, no valor de R$ 4 milhões, de obras já realizadas, para que possamos ser reembolsados com os recursos da Cide”, destacou Oliveira. A tributação está prevista para maio.
Também está na pauta à duplicação da BR-232, no trecho de São Caetano (Agreste) a Arcoverde (Sertão), e a rodovia entre os municípios de Abreu e Lima e Igarassu (Região Metropolitana), que prevê a construção de 14 quilômetros de pista, três pontes e dois viadutos. Um investimento de R$ 140 milhões. 
O Arco Metropolitano, uma obra de R$ 1 bilhão que recebeu sinal verde da presidente Dilma Rousseff (PT), também será discutida na reunião. O governo do estado aguarda a licença prévia da Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) para iniciar a licitação do trecho que sai da BR-408 (São Lourenço da Mata) até a BR-101 (Cabo de Santo Agostinho).
Quarta, 25 de fevereiro de 2015 – Posta por Elismar Rodrigues

Leia também: