Notícias

Tiroteio entre a polícia e bandidos deixa 12 mortos na Bahia

Compartilhe
Durante o confronto, quinze pessoas ficaram feridas e foram socorridas para o Hospital Roberto Santos (12 morreram); caso aconteceu na madrugada desta sexta (06) em Salvador-BA.

Uma troca de tiros no Cabula, em Salvador, deixou pelo menos 12 pessoas mortas e três feridas na madrugada desta sexta-feira (6). De acordo com a Central de Polícia, o tiroteio aconteceu por volta das 4h, na Estrada das Barreiras, entre um grupo e uma guarnição da Polícia de Rondas Especiais (Rondesp Central).

Durante o confronto, quinze pessoas ficaram feridas e foram socorridas para o Hospital Roberto Santos. Delas, onze não resistiram aos ferimentos e morreram após dar entrada na instituição. Já nesta manhã, mais uma delas morreu. Entre as vítimas estavam um adolescente.

Ainda segundo a polícia, todas as vítimas eram do sexo masculino. As outras três pessoas feridas continuam internada na unidade médica. A identidade dos envolvidos ainda não foi divulgada pela polícia, que também não confirmou se algum Policial Militar também ficou ferido durante a troca de tiros. Os corpos das vítimas fatais serão encaminhados ao Departamento de Polícia Técnica (DPT) de Salvador, onde deverão passar por perícia. 

Uma guarnição da Rondas Especiais (Rondesp/Central) realizava uma ronda no local quando suspeito da atitude de dois homens, que se esconderam ao ver a polícia. De acordo com a Polícia Militar, os policiais desceram da viatura e realizaram buscas no local.

Foi neste momento que eles encontraram um grupo de homens, que passou a atirar contra a PM. Um tenente da Rondesp foi baleado no pé direito, e durante o confronto, dois integrantes do grupo também foram baleados, enquanto os demais fugiram.

Tanto o tenente quanto os dois suspeitos foram socorridos para o Hospital Roberto Santos. Uma das vítimas foi identificada como Alexandre Leal, 22 anos. A dupla envolvida no tiroteio não resistiu aos ferimentos e morreu após dar entrada na instituição médica.

Já o militar foi transferido posteriormente para o Hospital São Rafael. O segundo rapaz que morreu após ser baleado no tiroteio ainda não foi identificado pelas polícias Civil e Militar.

Após a troca de tiros com o grupo, os policiais da Rondesp apreenderam duas armas – uma pistola Glock 9mm e um revólver de calibre 38. Também foram apreendidos 40 trouxas de maconha, cartuchos e cápsulas. A ocorrência foi registrada na Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHP)), para onde o material apreendido também foi levado. 

Correio da Bahia
Sexta, 06 de fevereiro de 2015 -Postado por Elismar Rodrigues

Leia também: