Compartilhe:
Vereadora exibiu uma calcinha (Foto: Reprodução/Facebook)
A vereadora de Aracaju Lucimara Passos (PCdoB) subiu à tribuna da Câmara, na terça-feira (25), e discursou em tom de crítica ao também vereador Agamenon Sobral (PP). Em uma fala inusitada e em forma de protesto, a parlamentar tirou uma calcinha do bolso e mostrou aos colegas presentes. O discurso fez alusão ao dia 25 de novembro – Dia Internacional de Combate à Violência contra a Mulher.
Durante o discurso, ela chegou a chamar o progressista de “criminoso” e o desafiou a lhe dar “uma surra”. Isso porque, na semana passada, ele teria chamado uma mulher que quis se casar sem a peça íntima de “vagabunda” e teria dito ainda que ela merecia “uma surra”.
Direcionada ao vereador, ela solta: “Hoje vim com um vestido mais curto. Também trouxe a minha calcinha no bolso. Alguém pode me chamar de vagabunda? Alguém pode dizer que tenho de ser surrada?”
A vereadora ainda questionou os parlamentares afirmando que eles não poderiam julgá-la ou “julgar uma mulher pela roupa que ela veste, em função da calcinha que usa ou se não usa. Isso não define o meu caráter”.
Ainda no discurso, ela pede punição ao colega e diz que ele já cometeu vários crimes na tribuna, entre os quais, afirmar que “tinha de pendurar bandido de cabeça para baixo”. “E essa Casa não fez nada para puni-lo “, afirmou. Do  Blog da Folha

Leia também: