Brasil Destaques

Alguma coisa está errada na nossa pátria amada”, disse a presidente do STF

Compartilhe

Preso custa 13 vezes mais do que um estudante no Brasil, diz Ministra Cármen Lúcia

ministra-carmem-luciaA presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Cármen Lúcia, afirmou nesta quinta-feira, 10, em Goiânia durante um evento sobre Plano Nacional de Segurança, que um detento custa treze vezes mais do que um estudante no País. “Um preso no Brasil custa R$ 2.400 por mês e um estudante do ensino médio custa R$ 2.200 por ano. Alguma coisa está errada na nossa pátria amada”, disse a presidente do STF na presença do ministro da Justiça, Alexandre Moraes.

Cármen também frisou que Darcy Ribeiro fez em 1982 uma conferência dizendo que, se os governadores não construíssem escolas, em 20 anos faltaria dinheiro para construir presídios. “O fato se cumpriu. Estamos aqui reunidos diante de uma situação urgente, de um descaso feito lá atrás”, comenta.

De acordo com a ministra, o combate à violência exige ações em conjunto entre a União, estados e municípios. Cármen Lúcia também é presidente do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e desde a semana passada tem realizado visitas surpresas em presídios do País. (Da Agência Brasil)

Leia também: