Notícias Pernambuco

Chuvas causam morte e destruição no Recife; em Petrolândia chove granizo e árvores são arrancadas pelo vento

 

Mais de 70 quedas de árvores foram registradas nesta sexta-feira no Recife. As consequências foram sentidas diretamente por quem estava no trânsito, mas jamais serão esquecidas pela família de Ricardo Batista, de 45 anos. Ele passava de bicicleta pela Avenida Rosa e Silva, no bairro das Graças, nas proximidades do Hospital dos Servidores do Estado, quando uma árvore caiu, por volta das 16h30. O homem deu entrada no Hospital da Restauração, no Derby, em estado considerado gravíssimo. Não houve tempo para o socorro. Ele faleceu às 18h em decorrência do politraumatismo.

Outro caso grave foi registrado no final da tarde, por volta das 17h20. O Corpo de Bombeiros foi acionado para resgatar duas vítimas presas no interior de um carro na Praça do Derby, em frente ao Restaurante Recanto do Picuí, após a queda de outra árvore. Um homem, de 48 anos, foi retirado do interior do veículo com a utilização do desencarcerador. Por sorte, ele sofreu apenas escoriações e hematomas na região inferior do corpo. A mulher que o acompanhava, de aproximadamente 38 anos, não sofreu nenhum trauma, mas ficou em estado de choque.

Em Petrolândia, no Sertão de Pernambuco, de acordo com mensagens e fotos enviadas por WhatsApp para a redação do Blog de Assis Ramalho, leitores avisaram que forte ventania e chuva de granizo atingiram as agrovilas do Limão Bravo, na zona rural do município. A força do vento chegou a derrubar árvores. Veja abaixo;

”Ontem à tarde um chuva muito forte com um forte vento aqui na agrovila 08 chegou a derrubar até arvores (Fabrício, Ag. 08 do Limão)”.
”Bom dia, Assis, ligado no blog e na Web Rádio Petrolândia. Ontem choveu granizo na ag 07 e ag 6 do Limao (Isaias, Agrovila 06 de Limão)”

Fonte: Diário de Pernambuco e Blog de Assis Ramalho

Fotos enviadas através de WhatsApp para a redação do Blog de Assis Ramalho  por Fabrício (Agrovila 08 do Limão Bravo – Petrolândia)

Leia também: