Home Brasil Temer sanciona reforma trabalhista sem falar em vetos

Temer sanciona reforma trabalhista sem falar em vetos

0

O presidente Michel Temer sancionou as alterações na lei trabalhista sem fazer menção a vetos ou modificações através de medida provisória. O ato aconteceu em cerimônia na tarde desta quinta-feira em Brasília. O presidente classificou a aprovação da reforma como “árdua”, considerou seu governo como revolucionário e disse que há uma “suposta crise” no ambiente político.

O Planalto pedia aos parlamentares que aprovassem o texto sem modificações, para não atrasar a tramitação. Em troca, o presidente vetaria os pontos polêmicos, como a permissão de que mulheres grávidas trabalhem em ambientes insalubres. Essas medidas seriam corrigidas posteriormente, por meio de medida provisória.

No discurso, Temer classificou o processo como árduo, e disse que seu governo priorizou o diálogo, apesar de considerar que houve oposição “política, e não ao conteúdo” da reforma. Disse também que, nas últimas semanas, tem notado um aumento no entusiasmo no país, apesar de haver aqueles que dizem que há uma “suposta crise”.

O presidente também classificou a atitude de seu governo como corajosa, por abordar reformas que precisavam ser feitas há tempos. “Não são 4 anos, são 14 meses. E, com toda a modéstia de lado, estamos revolucionando o país”, disse.

Além do presidente, discursaram também o ministro do Trabalho )Ronaldo Nogueira), da Fazenda (Henrique Meirelles) os relatores da reforma na Câmara (Rogério Marinho – PSDB/RN) e no Senado (Romero Jucá – PMDB/RR) e o presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Ives Gandra Filho.

VEJA.com/Felipe Machado

Confira também…

*Sai hoje resultado da lista de espera do ProUni

*Condenação de Lula é tentativa de inviabilizar candidatura em 2018, diz Gleisi

*Moro condena Lula a 9 anos e meio de prisão

*Reforma trabalhista vai agora para sanção de Temer

*Banco do Brasil anunciou que vai disponibilizar recursos de R$ 381 milhões para Pernambuco

*Com 50 votos favoráveis, Senado aprova reforma trabalhista

*Moro pode anunciar sentença de Lula até o fim de semana

*Kaio Maniçoba assumirá secretaria de Habitação em Pernambuco

*Reforma trabalhista: saiba quando as mudanças vão te afetar

*Maia faz apelo para deputados votarem denúncia na sexta: ‘Brasil precisa tomar uma decisão’

*Além de ação contra Lula, Moro tem outras três prontas para julgar na Lava-Jato

*Penhor da Caixa movimenta R$ 7,2 bilhões no primeiro semestre deste ano

*PMDB se reunirá para decidir se fecha questão em relação à denúncia contra Temer

*Temer rebate críticos e diz que, “enquanto alguns protestam, a caravana passa”

*Cufa lança cartão pré-pago para moradores de favelas

*Quinta parcela de 2017 do Pnae e do Pnate depositada nas contas-correntes do Estado e dos municípios pernambucanos

*Inscrições para o Fies no segundo semestre começam dia 25 de julho

*Senadores sabatinam hoje Raquel Dodge, indicada por Temer para substituir Janot

Os comentários abaixo não expressam a opinião do blog Ouricuri em Foco e são de responsabilidade exclusiva dos respectivos autores.

Please enter your comment!
Please enter your name here